PÁGINA TRADICIONALISTA – 19 DE MAIO DE 2017
Sexta, 19 de Maio de 2017

7º SEMINÁRIO REGIONAL – Acontece hoje, dia 20, o 7º Seminário Regional de Prendas e Peões. O evento, que havia sido programado para o mês de abril e que teve que ser transferido devido ao mau tempo, será realizado no CTG Sentinela da Coxilha, de Caiçara. A programação:
-13h30 com o credenciamento.
-14 horas haverá a palestra com a 1ª Prenda do Estado, Roberta R. Jacinto, que falará sobre “Resgatando os Legados de 47. Os 70 anos da Chama Crioula e o Grupo dos 8”.
-15 horas palestra com o 2º Guri do Estado, Ramiro Grethe Bregles, gestão 2016/2017 que falará sobre “Entrevero Cultural de Peões: história, importância e contribuições”
-Palestra com a 1ª Prenda do Estado, que falará sobre “Ser Prenda e ser Peão”.

PRENDA – A vinda da 1ª Prenda do Estado, Roberta Jacinto até o nosso meio talvez seja o último compromisso que tenha que cumprir no interior, já que, na próxima quinta-feira, inicia o processo longo e delicado de escolha da sua substituta como 1ª Prenda do Estado.

BAILE – Amanhã, sábado, 20, com início às 22 horas, haverá um grande baile quando será inaugurado oficialmente o CTG Sentinela da Coxilha, de Caiçara. O baile será animado pelo Canto Nativo, o valor do ingresso é de R$ 20 e o traje deve ser a pilcha completa ou o social.

CAVALGADA DOS MÁRTIRES I – Em sua 13ª edição, a Cavalgada dos Mártires, neste ano, partiu de Três Passos rumo a Nonoai. Percorrendo seu costumeiro trajeto, um ano de ida e outro de volta, a Cavalgada dos Mártires, oficializada pelo MTG, chegará ao seu destino no domingo pela manhã, quando será rezada uma missa na Igreja Matriz de Nonoai. Segunda-feira, dia 15, a Cavalgada dos Mártires passou por Frederico Westphalen, acampando na Sede Campeira do CTG Rodeio da Querência. Esta parte do trajeto teve uma parada maior, de descanso para cavalo e cavaleiro, seguindo viagem na terça-feira à tarde. Passaram por aqui cerca de 80 cavalarianos e 30 pessoas do apoio. À noite, foi rezada uma missa e realizado o plantio de uma árvore, o que se repete em todas as paradas do trajeto.

Comentários