Senna do Brasil!!!
Sexta, 01 de Novembro de 2013

As madrugadas de sábado para domingo costumavam ser momentos de diversão e entretenimento para as pessoas, e há exatos 25 anos, os milhões de brasileiros que estavam em frente da televisão não conseguiam ao menos piscar. A aflição, pela falha no carro da McLaren ainda na primeira volta, deu lugar ao êxtase no fim da 51ª. A partir do momento em que a bandeira quadriculada se agitou em Suzuka, no Japão, naquela madrugada, uma nova era começava na Fórmula 1 e um novo piloto “cravava” seu espaço no coração dos brasileiros que, mesmo do outro lado do mundo, se emocionaram com o ecoar do Tema da Vitória e viam Ayrton Senna conquistar o seu primeiro título mundial na categoria mais importante do automobilismo.

Nascido em 21 de março de 1960, Ayrton mostrava gosto pela velocidade desde pequeno. Comum em famílias brasileiras os pais levarem seus filhos a estádios de futebol, a história foi diferente na família Silva. Seu Milton, empresário rural, presenteou o garoto não com uma bola, mas com um kart feito por ele mesmo, de motor de máquina de cortar grama. Devido à habilidade na condução do brinquedo, não demorou para perceber que aquilo se tornaria mais do que diversão. Nove anos depois, o garoto, natural de Santana, bairro da zona norte de São Paulo, iniciava sua carreira amadora no automobilismo. E a partir de 1977, Senna encaminhava seu primeiro tricampeonato de kart nos torneios brasileiro e sul-americano.

Em 1988, Ayrton teria a grande oportunidade da sua vida ao assinar contrato com a McLaren. Mesmo com as fortes expectativas em cima de seu desempenho, junto ao já bicampeão Alain Prost, Senna teve de mostrar à equipe que poderia concorrer pelo título da categoria. Se essa disputa, instigada pelo time inglês, foi ruim para a rivalidade entre equipes, as 15 vitórias da McLaren das 16 corridas do ano foram pontos-chave de uma das maiores disputas da história do automobilismo. Com a confiança da equipe e a desconfiança de Prost, Ayrton Senna venceu oito corridas no ano (um recorde na época) e conquistou o seu primeiro campeonato mundial da Fórmula 1. Na prova do título, realizada em Suzuka, o carro do brasileiro falhou e ainda na primeira volta, Senna retornou a corrida na 16ª colocação. Antes de completar a primeira volta, Ayrton alcançou a oitava posição e na 27ª volta, deixou o então líder Prost para trás. No decorrer, Senna não foi mais ultrapassado e conquistou o seu primeiro título, ficando 17 segundos à frente do francês, segundo colocado da prova e da classificação geral.

Comentários