Fernando Alonso
Sexta, 22 de Janeiro de 2016

O espanhol Fernando Alonso Días, ou simplesmente Fernando Alonso, um dos maiores pilotos de todos os tempos na Fórmula 1, já conquistou dois títulos mundiais (em 2005 e 2006, ambos pela Renault).

Natural da cidade de Oviedo, onde nasceu em 29 de julho de 1981 e começou precocemente no automobilismo: no kart foi aos três anos e aos sete, na Espanha, conquistava seu primeiro título na categoria, mas os altos custos quase o obrigaram a desistir do sonho de chegar mais longe nas pistas.

Porém, os bons resultados, incluindo o bicampeonato espanhol (1993/1994) possibilitaram a Alonso participar do Mundial de Kart, terminando a temporada em terceiro lugar, isso acabou trazendo apoio de patrocinadores para que ele prosseguisse.
Estreando com o monoposto da categoria Euro Open by Nissan em 1999, sagrando-se campeão com seis vitórias das 15 corridas disputadas.

Em 2001 estreou na Fórmula 1 pela Minardi, tendo como companheiro de equipe nas 14 primeiras corridas o brasileiro Tarso Marques, sua primeira corrida pela extinta equipe de Gincarlo Minardi foi na Austrália, terminando em 12º lugar.

Foi um ano difícil para Alonso, sem marcar pontos (à época apenas os seis primeiros pontuavam) mas ele conseguiu chamar atenção de diversos chefes de equipe, mas as vagas não estavam disponíveis, o que acabou fazendo com que ele ficasse o ano de 2002 como piloto de testes da Renault, contratado por Flavio Briatore, então chefe da equipe francesa.

Subiu no pódio no GP da Espanha, terminando em segundo lugar e venceu sua primeira corrida na Fórmula 1 em 24 de agosto de 2003 em Hungaroring, na Hungria, na ocasião, como o mais jovem piloto a conquistar uma vitória na categoria. Ele tinha 22 anos e 26 dias, sendo superado depois pelo alemão Sebastian Vettel, que venceu o GP da Itália de 2008, em Monza. Vettel tinha naquela prova 21 anos e 73 dias.

Em 30 de setembro de 2009 foi anunciado como piloto da Ferrari, após diversas especulações que vinculavam seu nome à equipe de Maranello, estreou pela Ferrari da melhor maneira possível, vencendo o GP do Bahrein, na abertura do Mundial de 2010,
Atualmente, correndo pela McLaren, e após o fracasso de terminar na penúltima colocação entre as equipes no Mundial de Construtores em 2015, a McLaren deve vir mais forte na Fórmula 1 em 2016. O espanhol Fernando Alonso afirmou que o novo carro será pelo menos dois segundos mais rápido.
A temporada de 2016 começará no dia 20 de março com o GP da Austrália, nas ruas da cidade de Melbourne.

Abraço e até a próxima!

Comentários