Brasileira acelerando forte!
Sexta, 17 de Janeiro de 2014

Sabrina Paiuta nasceu em São Paulo e teve desde cedo o contato com as motocicletas. Por influência do seu pai, Eduardo Paiuta, que treinava pilotos de motocross, Sabrina teve a sua vida voltada para o motociclismo, uma paixão que só aumentou com o passar dos anos.

Logo vieram os bons resultados e no motocross a jovem promessa se tornou vice-campeã feminina. Alguns acidentes a afastaram das pistas até 2009, quando Sabrina voltou a pilotar para conquistar o vice-campeonato Paulista de Supermoto na classe 230 (SM3). No ano seguinte, Sabrina dominou a categoria e venceu todas as 14 provas do ano. Em 2010 a piloto subiu de categoria e novamente se manteve na frente.

Vice-campeã Brasileira na classe SM2 e Vice-campeã Paulista na categoria SM1, a mais rápida e importante da modalidade Supermotard.

O sucesso nas pistas rendeu bons frutos no segmento de motocicletas. Sabrina Paiuta levou três prêmios Moto de Ouro, o óscar do setor organizado por umas das mais importantes e revistas segmentadas do país, a MOTOCICLISMO.

Em 2012 a grande mudança aconteceu. Sabrina deixou as motos de off-road apenas para os treinos e ingressou na motovelocidade. Foi campeã da categoria Ninja 250 Light logo no seu ano de estreia.

O Brasil já ficou pequeno para o talento assombroso da jovem piloto Sabrina, com algumas participações no European Junior Cup, a paulista chamou a atenção do mundo na classe de acesso para o Campeonato Mundial de Superbike.

Hoje com 19 anos Sabrina diz:

“Não vou desistir e sei que não desistiram de mim em nenhum momento. Posso errar, mas erraremos juntos. Posso ganhar, mas ganharemos juntos. Posso sorrir e sorriremos todos juntos!!!!”

Com certeza é uma promessa, e um exemplo de talento brasileiro!

Abraço e até a próxima!

Comentários