O Culpado?
Sexta, 10 de Outubro de 2014

Um assunto muito complicado, mas que esta agitando a F-1, é o caso do acidente no GP do Japão no último domingo (05/10) com muita chuva durante a prova, quando o francês Jules Bianchi da Marussia, perdeu o controle devido a aquaplanagem, o carro foi em direção da área de escape onde um guindaste removia a Sauber de Adrian Sutil. O alemão Adrian, tinha rodado no mesmo local na volta anterior e a direção de prova optou por não colocar o safety car na pista e apenas mostrar bandeiras amarelas localizadas enquanto o resgate era feito. Atitude a qual, se mostrou completamente errada. O carro de Bianchi entrou embaixo do trator, destruindo completamente o carro, o francês foi removido inconsciente para o centro médico do autódromo.

 

O Culpado? 

A chuva até pode ter dado uma trégua durante a maior parte da prova. Mas ela voltou a cair com força após a 41ª volta, quando a corrida já poderia ser encerrada com 100% dos pontos para os pilotos. Para piorar, a visibilidade era precária e a luminosidade caía a cada volta. Fatores que foram decisivos para os acidentes de Sutil e, em seguida, de Bianchi. A direção de prova deveria ter acionado o safety car assim que as condições da pista se deterioraram. As reclamações pelo rádio eram inúmeras, todos reclamavam dos problemas de visibilidade e da aquaplanagem em alguns pontos do circuito, e nada foi feito, mas no meu ponto de vista, o erro, o mais grave da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), foi liberar o resgate do carro de Adrian Sutil sem que o safety car fosse colocado na pista.

 

Cockpits fechados

Fernando Alonso pediu para que os diretores da Fórmula 1 pensem na ideia de colocar cockpits fechados nos carros, a fim de evitar casos semelhantes ao de Bianchi, Fernando lembra do acidente de Felipe Massa em 2009 na Bélgica, quando uma peça da Brawn de Rubens Barrichello o atingiu perto do olho direito, onde um cockpit fechado, poderia ter evitado o acidente.

Abraço e até a próxima!

Comentários