21 de janeiro, Dia Mundial das Religiões
Sexta, 22 de Janeiro de 2016

Prezados leitores deste nosso prestigiado jornal, o dia 21 de janeiro é comemorado em todo o mundo como sendo o Dia Mundial das Religiões. Dada a sua importância e significado, vamos tratar do assunto nesta coluna.

A expressão religião provém do latim – religare – e significa restaurar a relação do homem com o universo sagrado por intermédio da fé, na crença da existência de uma força inteligente sobrenatural, considerada como criadora do universo, e na continuidade da vida após a morte através da existência de outros planos que não são físicos. Uma religião se distingue das outras através de sua caraterísticas e seus ritos sagrados, como a peregrinação à terra santa no caso dos muçulmanos ou a confissão para os católicos.

As primeiras religiões surgiram ainda na antiguidade, milhares de anos antes da era cristã, destacando-se o budismo, o taoísmo, o hinduísmo, o xintoísmo e o confucionismo, que consideram a existência de entidades e deuses. Mais tarde surgiram outras, como o judaísmo, o cristianismo e o islamismo, que praticam o monoteísmo, ou seja, creem na existência de um único Deus. Mas antes existiam as chamadas religiões iniciais ou animistas, que acreditavam que animais, plantas, rios, ar, sol e lua continham espíritos, sendo preciso estar em harmonia com eles.

O surgimento das religiões tem a ver com a busca de respostas a uma serie questionamentos que sempre estiveram presentes ao longo da historia humana: De onde vim? Para onde vou após a morte? Viverei mais de uma vez? Como o mundo passou a existir? Que forças (ou força) governam a nossa existência?

Para lembrar aos povos do mundo que a religião deve unir e não separar os homens; com o intuito de promover o respeito, a tolerância e o diálogo entre todas as religiões do mundo que pregam o princípio da bondade, e com isso erradicar o histórico de conflitos que marcou a nossa história, em 1949 a Assembleia Espiritual Nacional dos Baha’is, uma religião monoteísta fundada por Bahá’u’lláh, propôs que o dia 21 de janeiro seja comemorado como o dia das religiões, o que após foi reconhecido por todas, evocando a necessidade de as religiões do mundo conviverem de forma pacifica, mesmo tendo dogmas e crenças diferentes.

Comemora-se igualmente aqui no Brasil, na mesma data, o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, como forma de reforçar o cumprimento dos objetivos propostos para o Dia Mundial das Religiões, pois não importa se a religião é monoteísta ou politeísta, todas buscam em essência o mesmo objetivo: a paz e o respeito entre os seres humanos e a natureza.

Comentários