30 de julho – Dia Internacional da Amizade
Sexta, 29 de Julho de 2016

Amigos leitores deste nosso prestigiado jornal, em virtude da comemoração do Dia Internacional da Amizade e dada a importância do assunto, achamos importante destacar a data nesta coluna.

Durante a sexagésima quinta sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, realizada no dia 27 de abril de 2011, no quadro do tratamento do tema “Cultura da paz”, e sob a iniciativa de 43 países, se debruçou sobre o assunto, reconhecendo-se a pertinência e a importância da amizade como sentimento nobre e valioso na vida dos seres humanos de todo o mundo e decidiu-se, de forma unânime, designar como Dia Internacional da Amizade o dia 30 de julho, em concordância com a proposta original promovida pela Cruzada Mundial da Amizade. O Dia da Amizade foi reconhecido então como importante, sobretudo para a divulgação da “Cultura da paz e não violência”.

No final, a Assembleia criou um documento assinado pelos países participantes, entre eles o Brasil, no qual ficaram reafirmadas a relevância e a pertinência dos seguintes tópicos:

1. A importância da amizade como um valoroso e nobre sentimento na vida dos seres humanos ao redor do mundo;

2. A conscientização de que a amizade entre os povos, países e culturas, assim como as amizades individuais, pode inspirar na criação de pontes entre comunidades, celebrando assim a diversidade cultural;

3. A afirmação de que a amizade pode contribuir para os esforços da comunidade internacional, em conformidade com a Carta das Nações Unidas, para a promoção do diálogo entre as civilizações, da solidariedade, da compreensão mútua e da reconciliação;

4. A importância de envolver os jovens e futuros líderes em atividades comunitárias voltadas para a inclusão e o respeito entre as diferentes culturas, bem como para a promoção da compreensão internacional de acordo com a Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz.

Na ocasião, o secretário geral da ONU destacou que “Em um momento em que enfrentamos a discriminação, malicia e crueldade que alimentam conflitos e atrocidades afligindo milhões de pessoas hoje, precisamos responder a estas tendências destrutivas e renovar o compromisso para achar nossa humanidade comum e incentivar o progresso compartilhado”.

Vale destacar que a iniciativa para o estabelecimento de um Dia do Amigo reconhecido internacionalmente teve como antecedente histórico a Cruzada Mundial da Amizade, que foi uma campanha em favor da valorização e realce da amizade entre os seres humanos, de forma a fomentar a cultura da paz e foi idealizada pelo médico paraguaio Ramón Artemio Bracho em Puerto Pinasco, Paraguai em 1958.

Comentários