Dia dos Pais – dia especial
Sexta, 12 de Agosto de 2016

Prezados amigos leitores, em virtude da comemoração neste final de semana, o Dia dos Pais, viemos aqui tratar um pouco de seu histórico de surgimento e importância.

Assim como o Dia das Mães, essa data foi criada para homenagear os pais pela sua dedicação total aos filhos, mas também como forma de fortalecer ainda mais os laços familiares e incentivar a demonstração de carinho aos mesmos. Em nossos dias, essa comemoração se estende também aos padrastos, avôs e outras figuras masculinas presentes nas famílias.

Em termos históricos, o primeiro registro dessa comemoração aconteceu há 4.000 anos na Babilônia, quando, segundo relatos, um jovem de nome Elmesu, filho de Nabucodonosor, rei muito famoso na época, teve a ideia de moldar em argila um cartão em que desejara sorte, saúde e vida longa ao pai.

A versão moderna da comemoração surgiu no ano de 1909, nos Estados Unidos, quando uma menina de nome Sonora Louise Smart resolveu homenagear seu pai, Wiliam Jackson Smart, um veterano da guerra civil americana, pela dedicação à educação dos filhos, após ter perdido a esposa no nascimento do seu sexto filho. Por isso, a menina o considerava como um herói, pois o admirava por ter conseguido superar sozinho todas as dificuldades que surgiam em sua vida enquanto os criava.

Foi assim que no ano de 1910 Sonora organizara, com o apoio de entidades cristãs, a primeira celebração do Dia dos Pais na cidade de Spokane, em Washington, onde a família morava. A data escolhida foi 19 de junho, aniversário de seu pai, e o símbolo escolhido para o evento foram rosas – vermelhas para os pais vivos e brancas para os falecidos. A comemoração se espalhou pelo país até que em 1966, o Presidente Lyndon Johnson declara o terceiro domingo do mês de junho dia dedicado aos pais e, em 1972, a data é oficializada pelo então presidente Richard Nixon, tornando-se feriado nacional.
Aqui no Brasil a data foi comemorada pela primeira vez no ano de 1953, em 16 de agosto, e foi pensada por um publicitário de nome Sylvio Bhering. Nesse dia, foi realizado um concurso para eleger o pai mais jovem, o mais velho e o que tivesse o maior número de filhos. Foram então premiados um pai de 16 anos, um de 98 e um com 31 filhos. Nos anos seguintes a data foi deslocada para o segundo domingo do mês de agosto, o que permaneceu até aos dias de hoje.

Em outros países comemora-se o dia em datas diferentes em conformidade com a história e cultura de cada um. Por exemplo, na Argentina, Inglaterra e Peru comemora-se na mesma data dos norte-americanos; o Canadá e a Grécia, comemoram-se nos dias 17 e 21 de junho; na Itália e em Portugal no dia 19 de março, data em que a Igreja Católica, comemora o dia de São José, esposo de Maria, e, a África do Sul, acompanha a tradição brasileira comemorando a data no segundo domingo de agosto.

Comentários