A importância do Dia Internacional da Educação
Sexta, 28 de Abril de 2017

Prezados leitores, na coluna desta semana, em virtude da comemoração do Dia Internacional da Educação, dia 28 de abril, vamos tratar deste marco, dado o importante papel que a educação deve desempenhar em nossa sociedade. Pois, entendemos que a maior parte do conhecimento humano se dá a partir do processo de educação. E quando falamos em educação, nossos pensamentos nos remetem às escolas, alunos, educadores, materiais e tudo o que faz parte do universo escolar.

Assim, entre os dias 26 e 28 de abril de 2000, reuniram-se na cidade de Dakar, capital da República do Senegal, representantes de 180 países no Fórum Mundial de Educação, no qual estes países se comprometeram a não poupar esforços, políticos e financeiros, para que a educação chegasse a todas as pessoas do planeta até o ano de 2015. Neste quadro, os participantes se comprometeram a alcançar seis metas que estabeleceram como marco de ação destinado a permitir que todos os indivíduos realizem seu direito a aprender e cumpram sua responsabilidade para contribuir para o desenvolvimento de sua sociedade:

1. Expandir e melhorar o cuidado e a educação da criança pequena, especialmente para as crianças mais vulneráveis e em maior desvantagem; 2. Assegurar que todas as crianças, com ênfase especial nas meninas e crianças em circunstâncias difíceis, tenham acesso à educação primária, obrigatória, gratuita e de boa qualidade até o ano 2015; 3. Assegurar que as necessidades de aprendizagem de todos os jovens e adultos sejam atendidas pelo acesso equitativo à aprendizagem apropriada, a habilidades para a vida e a programas de formação para a cidadania; 4. Alcançar uma melhoria de 50% nos níveis de alfabetização de adultos até 2015, especialmente para as mulheres, e acesso equitativo à educação básica e continuada para todos os adultos 5. Eliminar disparidades de gênero na educação primária e secundária até 2005 e alcançar a igualdade de gênero na educação até 2015, com enfoque na garantia ao acesso e o desempenho pleno e equitativo de meninas na educação básica de boa qualidade 6. Melhorar todos os aspectos da qualidade da educação e assegurar excelência para todos, de forma a garantir a todos resultados reconhecidos e mensuráveis, especialmente na alfabetização, matemática e habilidades essenciais à vida.

A declaração – educação para todos – foi o compromisso global firmado pelos governos reunidos neste encontro, para oferecer a todas as crianças, jovens e adultos uma educação que satisfaça suas necessidades básicas de aprendizagem, no melhor e mais pleno sentido do termo, e que inclua aprender a aprender, a fazer, a conviver e a ser. Proximamente, iremos tratar especificamente desta declaração.

Comentários