Marcos das Conquistas das Mulheres no Brasil e no Mundo
Sexta, 21 de Março de 2014

Estimados leitores, na sequência das comemorações do Dia Internacional das Mulheres, trazemos aqui algumas datas marcantes das conquistas das mulheres ao longo da história recente, tanto no mundo como no Brasil.

Marcos das Conquistas das Mulheres na História

Assim, em 1788, o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres. Em 1840, Lucrecia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos. 

No ano de 1859, surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres. Em 1862, durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia. Na Alemanha, Louise Otto cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs, em 1865. 

No ano de 1866, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas, É criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres, em 1869. No ano de 1870, na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina 

A primeira escola normal para moças é criada em 1874 no Japão. No ano de 1878, criada na Rússia uma Universidade Feminina e, no ano de 1901, o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres.

Principais conquistas das mulheres na política brasileira

Em 1932, as mulheres brasileiras conquistam o direito de participar das eleições como eleitoras e candidatas. Em 1933, Carlota Pereira de Queirós tornou-se a primeira deputada federal brasileira. Em 1979, Eunice Michiles tornou-se a primeira senadora do Brasil.

Entre 24 de agosto de 1982 e 15 de março de 1985, o Brasil teve a primeira mulher ministra. Foi Esther de Figueiredo Ferraz, ocupando a pasta da Educação e Cultura. Em 1989, ocorre a primeira candidatura de uma mulher para a presidência da República. A candidata era Maria Pio de Abreu, do PN.

Em 1995, Roseana Sarney tornou-se a primeira governadora brasileira. Em 31 de outubro de 2010, Dilma Rousseff venceu as eleições presidenciais no segundo turno, tornando-se a primeira mulher presidente da República no Brasil.

Comentários