1º de maio - Dia Internacional dos Trabalhadores
Sexta, 02 de Maio de 2014

O Dia do Trabalhador é celebrado anualmente no dia 1º de maio em numerosos países do mundo, sendo feriado nacional em muitos deles. Trazemos aqui alguns dados históricos desta data tão importante para os trabalhadores de todos os países.

Nesse dia, em 1886, ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores na cidade americana de Chicago para reivindicar melhores condições de trabalho e 8 horas de trabalho diário em detrimento das 13 horas de que eram submetidos. No dia 3 de maio, a greve continuava, e na frente de uma das fábricas, a polícia matou seis operários, deixando 50 feridos e centenas de presos. 

No dia 4, houve uma grande manifestação de protesto e os manifestantes foram atacados por 180 policiais, que ocasionaram a morte de centenas de pessoas. Foi decretado “Estado de Sítio” e a proibição de sair às ruas. Milhares de trabalhadores foram presos, muitas sedes de sindicatos incendiadas e residências de operários invadidas e saqueadas e, os principais líderes do movimento grevista foram condenados à morte na forca. 

O retrocesso vivido nestes primórdios do século 21 remete-nos diretamente aos piores momentos dos primórdios do Modo de Produção Capitalista, quando ainda eram comuns práticas ainda mais selvagens. Não apenas se buscava a extração da mais-valia, através de baixos salários, mas até mesmo a saúde física e mental dos trabalhadores estava comprometida por jornadas que se estendiam até 17 horas diárias, prática comum nas indústrias da Europa e dos Estados Unidos no final do século 18 e durante o século 19. Férias, descanso semanal e aposentadoria não existiam. Para se protegerem em momentos difíceis, os trabalhadores inventavam vários tipos de organização – como as caixas de auxílio mútuo, precursoras dos primeiros sindicatos. 

Em memória dos mártires de Chicago, das reivindicações operárias que nesta cidade se desenvolveram em 1886 e por tudo o que esse dia significou na luta dos trabalhadores pelos seus direitos, servindo de exemplo para o mundo todo, o dia 1º de maio foi instituído como o Dia Internacional dos Trabalhadores, por um Congresso Socialista realizado em Paris em 1889 sendo, portanto, um dia de luto e de luta, mas não só pela redução da jornada de trabalho, mas também pela conquista de todas as outras reivindicações de quem produz a riqueza da sociedade. 

Em 23 de Abril de 1919 o senado francês ratifica o dia de 8 horas e proclama o dia 1º de maio desse ano dia feriado. Em 1920 a Rússia adota o 1º de maio como feriado nacional, e este exemplo é seguido por muitos outros países. 128 anos depois das grandiosas manifestações dos operários de Chicago pela luta das 8 horas de trabalho e da brutal repressão patronal e policial que se abateu sobre os manifestantes, o 1º de maio mantém todo o seu significado e atualidade.

Comentários