Tipos de Conflitos ou Guerras - Parte 1
Sexta, 15 de Agosto de 2014

Estimados leitores, existem diferentes formas de se classificar uma guerra, segundo as causas, o desenvolvimento, a intensidade, a abrangência geográfica ou a estratégia e o tipo de armamento principal utilizado. Algumas guerras podem ser incluídas em mais de uma modalidade, quando se considera elementos como a escala geográfica ou a escala de intensidade do conflito, ou ainda as causas ou origem da conflagração. 

Para um melhor entendimento de cada tipo de conflito estamos a trazer aqui e nas próximas colunas algumas modalidades de conflito. Mas antes é sempre interessante notar que geralmente uma guerra possui várias causas, ou seja, causada por variáveis distintas, mas simultâneas. Raramente uma guerra tem uma única causa. Porém, Sun Tzu, em seu tratado “A Arte da Guerra”, alerta que todas são de conquista. Neste momento vamos descrever as modalidades de guerra segundo a intensidade do confronto.

Guerra Total - É o conflito que envolve todos os recursos de um estado e de uma sociedade. Conforme Clausewitz, esse tipo de guerra só existiria no plano das ideias ou do planejamento, e sua forma “real” seria a Guerra Absoluta. É o caso da Guerra Napoleônica e Primeira e a Segunda Guerra Mundial.

Guerra Limitada – A maioria das guerras travadas entre estados incapazes de sustentar um conflito longo ou de vencer uma guerra rapidamente pode ser considerada uma guerra limitada. Exemplos: as guerras fronteiriças entre Peru e Equador em 1941 e 1995, a Guerra Sino-Soviética de 1969 e a Guerra entre Índia e Paquistão na região de Kargil, entre maio e julho de 1999. 

Guerras Intermitentes ou Crônicas - É uma modalidade de conflito reincidente, onde há períodos de confronto seguidos de períodos de relativa calma. Muitas vezes os objetivos políticos nem sempre são claros ou vão sendo modificados com o tempo. É caso da longa sequência de batalhas entre França e Inglaterra conhecida como a Guerra dos Cem anos e a Guerra Civil na ex-Iugoslávia (1992-1995 e 1999-2000) que levou à fragmentação do país.

Guerra de Guerrilha – Guerra que envolve o uso de pequenos contingentes militares, muitas vezes não estatais, contra um exército organizado pertencente a um estado formal.

Guerra Diplomática - Uma guerra em que prevalece a diplomacia ou o entendimento entre os povos, a estratégia e a racionalidade do entendimento, não havendo inspiração de ordem emocional ou moralista. Geralmente encontrada em sistemas internacionais propícios ao equilíbrio de poder, segundo Napoleão I, “… as guerras armadas nascem quando as guerras diplomáticas morrem…".

Comentários