Sexta, 29 de Dezembro de 2017 às 16:36
RS publica lista oficial de plantas medicinais
Portaria institui Relação Estadual de Plantas Medicinais de interesse do SUS/RS
Por: Heloise Santi - saude@folhadonoroeste.com.br
Portaria visa incentivar o uso de plantas medicinais e fitoterápicos para tratamentos no SUS - Banco de imagens

Desde o tempo das vovós que sempre tem uma plantinha diferente que pode ser utilizada para curar a gripe, a alergia, a dor de barriga... Poderes curativos que ao longo dos anos foram atestados pela ciência. Pensando em resgatar, valorizar, ampliar e qualificar a utilização das plantas medicinais, além de promover ações para o uso da Fitoterapia nos serviços públicos de saúde, a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul instituiu a Relação Estadual de Plantas Medicinais de interesse do Sistema Único de Saúde no Rio Grande do Sul (REPLAME/RS).

A portaria foi publicada na sexta-feira, 22, e de acordo com o secretário adjunto da pasta, Francisco Paz, confere uma visão institucional aos recursos terapêuticos naturais que a população já adota. “Ela garante o acesso seguro e o uso correto de plantas medicinais e de fitoterápicos", disse.

A relação foi elaborada a partir de um trabalho de três anos de pesquisa por meio do Projeto de Implementação da Política Intersetorial de Plantas Medicinais e Medicamentos Fitoterápicos da Secretaria Estadual da Saúde (SES/RS) – Projeto APLPMFito/RS – financiado com recursos da Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos do Ministério da Saúde. O estudo compilou levantamentos sobre as plantas medicinais mais utilizadas no Rio Grande do Sul, em 134 publicações de 1984 a 2015. A lista é composta por espécies vegetais nativas e exóticas que evidenciam eficácia e segurança de uso.

A coordenadora da Política Estadual de Práticas Integrativas e Complementares da Secretaria Estadual da Saúde, Sílvia Czermainski, explica que toda a revisão bibliográfica sobre as plantas feita pelos pesquisadores é coincidente com o seu uso popular. Ela cita que as espécies elencadas possuem recomendação para utilização como planta medicinal in natura, chá medicinal ou medicamento fitoterápico.

Relação Estadual de Plantas Medicinais nativas mais utilizadas pela população do RS - Nome popular*
Marcela, Espinheira-santa, Carqueja, Pata-de-vaca, Pitangueira, Erva-de-bugre, Açoita-cavalo, Quebra-pedra, Poejo, Mastruço, Alfavaca, Tansagem, Guanxuma, Gervão, Erva-santa, Guabiroba, Sálvia-da-gripe, Guaco, Carqueja-miúda, Erva-de-bicho, Cipó-mil-homens, Quitoco, Sabugueiro, Jurubeba, Sete-sangrias, Chapéu-de-couro, Maracujá, Arnica, Arnica-do-mato, Guaco, Cambará, Angico vermelho, Murta, Araçá, Carrapicho-rasteiro, Penicilina, Corticeira-dobanhado, Erva-lanceta, Urtiga-brava, Banana-do-mato, Suçuaiá, Erva-mate, Cancorosa, Salsaparrilha, Pixirica, Pariparoba Coronilha, Baleeira e Douradinha.

* Fazem parte da lista também as plantas medicinais nativas, as exóticas, naturalizadas e cultivadas mais utilizadas pela população.

Comentários
Notícias Relacionadas
  • 15/12/2017 - 17:41
    Do que as plantas precisam?
  • 05/08/2016 - 11:00
    Bom para o meio ambiente, bom para a arquitetura
  • 20/05/2016 - 04:19
    Plantas bioativas: uma farmácia no quintal de casa
Últimas Notícias
  • 19/01/2018 - 18:30
    1 ano cuidando da sua saúde!
  • 19/01/2018 - 18:24
    Médicos bancam sobreaviso clínico no HDP
  • 19/01/2018 - 18:18
    Amzop realiza assembleia para eleição da nova diretoria