Sabemos que a água é o componente mais abundante no corpo humano (nos homens aproximadamente 60% e nas mulheres em torno de 50% do corpo é composto por água). Ela possui uma importância enorme para as células e tecidos, é um meio importante onde ocorrem muitas reações químicas e metabólicas e ainda regula a temperatura corporal.

Sem dúvida importante, porém, às vezes menosprezada no dia-a-dia pelas pessoas e ainda mais por praticantes de atividades físicas. No geral, todos tomam menos água que a necessidade diária e quando praticamos atividades físicas, consumimos mais líquidos, mas a necessidade hídrica também aumenta muito.

Quando sentimos sede já é um grande indicativo de desidratação, tomar água a partir deste momento possivelmente saciará a sensação, porém não a necessidade de hidratação corporal por completo.

Uma forma simples de controlar a desidratação é pela coloração da urina, quanto mais escura mais desidratado e maior a necessidade de reposição hídrica. Além de ser uma forma bem simples também é um sinal de alerta bem fácil de controlar, pois se a urina estiver escura já é o sinal para repor de imediato. Tendo isso como rotina as chances de se manter hidratado serão maiores.

Bom, praticantes de atividades físicas precisam cuidar muito da hidratação adequada, ela está associada ao rendimento e desempenho, independente se a prática for de forma amadora ou profissional. Estar treinando desidratado entre outras coisas interfere negativamente no rendimento e prejudica a recuperação de um treino para outro.

Para quem pratica atividade física e necessita de um consumo maior, uma forma de repor a quantidade de água é antes do treino se pesar e após a atividade física subir novamente na balança. Essa diferença é um parâmetro para estimar aproximadamente a perda de líquido corporal durante a atividade.  Uma conta simples para a reposição de água é pegar esse valor da perda e repor em torno de 150% dele, várias vezes num período entre 4 a 5 horas após a atividade física.

Um cuidado grande que os praticantes de atividades físicas precisam ter é de não se iludirem que estão perdendo peso após uma sessão de treino, muitos tem na balança a falsa referência de evolução física, que está emagrecendo, evoluindo, etc. Muitos diminuem o consumo de água porque após o treino perdem quilos e tomando água voltam a pesar o mesmo peso, chegando a pensar que tomar água engorda.

Isso é uma ilusão, pois os resultados aparecem com a continuidade dos treinamentos, se perder hoje 2kg na balança demonstra que perdeu praticamente isso em líquido e se repor, que é o ideal, voltará para um peso semelhante.

Como dito, perder praticamente um valor (2kg), não significa que tenha sido 100% de líquidos, uma pequena parte desse valor foi de gasto energético para realizar o treino, e mesmo sendo pouco em relação a perda de líquidos, a continuidade dos treinamentos fará que esses pequenos ganhos diários tornem-se significativos no decorrer dos treinos.

Outra preocupação que tenho é que hoje muitas pessoas buscam nos suplementos soluções mágicas para atingir os resultados esperados, muitas vezes nem se faz necessária à utilização destes produtos pelo volume que se treina. Mas, o fundamental que é a reposição líquida fica sendo desconsiderada, e esse simples cuidado com a hidratação é fundamental para a saúde e os bons resultados.

Muitas vezes para ter mais saúde, qualidade de vida e desempenho nas atividades, precisamos fazer coisas tão simples como uma alimentação equilibrada e uma hidratação ideal, mas pensamos em soluções mais complexas e caras. Fazer bem as coisas simples podem atender muito bem as necessidades e se aumentar as necessidades busca-se outros meios para atendê-las como suplementar, mas não podemos inverter o processo porque afetará os resultados.

Abraço!!!!