Quais são os desafios de empreender na atualidade? De se manter a empresa competitiva? De onde adquirimos competências e habilidades inerentes para nos lançarmos neste mar de incertezas e desafios?  

O autor, McClelland não admite que nenhuma dessas características seja hereditária ou determinada geneticamente, pois, segundo ele, essas pessoas aprenderam assim com seus pais. Essa teoria concorda com as ideias do sociólogo francês David Émile Durkheim, segundo o qual a sociedade, como coletividade, condiciona o comportamento individual, ou seja, uma geração transmite os conjuntos de normas às gerações seguintes. Assim, um ser humano aprende e desenvolve habilidades a partir do relacionamento com pessoas das gerações anteriores.

Necessidade de Realização não é inata, então ela pode ser aprendida, o que traz à tona o fator educação como forma de treinamento e desenvolvimento pessoal; a segunda é a relação dessa necessidade com o próprio desenvolvimento pessoal do empreendedor. Isso significa que um indivíduo que não seja considerado empreendedor pode desenvolver qualidades empreendedoras a partir do processo educacional. Tom Peters disse que “numa sociedade baseada no conhecimento, é necessário ser estudante a vida toda”.

Paralelamente, a principal razão para a falência de empresas no Brasil, conforme apontado pelos próprios empreendedores, está na falta de conhecimentos gerenciais, o que torna crítico o desenvolvimento de habilidades de gestão para o sucesso empresarial. As principais habilidades são:

• Habilidades Técnicas: conhecimentos, métodos, técnicas e manuseio de coisas físicas como máquinas e equipamentos necessários para desempenhar tarefas específicas, muito fortes no nível operacional;

• Habilidades Humanas: trabalhar com pessoas, comunicar, compreender atitudes e motivações, liderar, referentes à capacidade de desenvolver e manter relacionamentos interpessoais, mais vigentes no nível gerencial;

• Habilidades Conceituais: compreender a complexidade da organização e o ajuste do comportamento das partes, referentes à expressão de ideias e conceitos abstratos, preponderantes no nível executivo, da alta direção.

Isso demonstra que o empreendedor moderno precisa se atualizar constantemente por meio do desenvolvimento de habilidades gerenciais para garantir o sucesso do seu empreendimento. A educação se torna importante fator para o seu crescimento pessoal. Desta forma, o indivíduo pode desenvolver e aumentar o nível de sua Necessidade de Realização, tendo, consequentemente, o desenvolvimento do perfil inerente a essa necessidade.

Não obstante, as qualidades consideradas inerentes ao empreendedorismo, como a coragem, a ousadia, a determinação, criatividade, cooperação, competitividade, liderança, motivação e o trabalho em equipe, são igualmente importantes. Mas também é necessário saber construir um bom plano de negócios, conhecer o mercado em que atua e desenvolver estratégias inteligentes de marketing e de gestão de pessoas para maximizar o potencial de sucesso da empresa.

Avante! Em frente para excelência e superação!