Sim, isso é verdade e certamente não é apenas o meu. Dentro do que tratamos em textos anteriores, muitos dos paradigmas atuais estão sendo derrubados e novas tecnologias invadem nossa vida cada dia mais e mais rápido. Os drones, que em sua concepção serviam como passatempos não apenas para crianças, mas também adultos, foram ganhando espaço dos amadores e também profissionais de fotografia e imagem. Aliás, coisas até então possíveis apenas para quem trabalha com isso e a muito custos foram possíveis utilizando-se das hélices voadoras então acessíveis a “qualquer” um.

Recentemente, a empresa de Drones Ehang (notem, tem um fabricante de drones – novas profissões, novos mercados, novos nichos) mostrou um vídeo em que, entre outros, o próprio CEO era levado em sobrevoo em condições atmosféricas desafiadoras. Esta empresa “apresentou o que defendeu como o futuro do transporte individual. No caso, um drone autônomo que conseguiria transportar pessoas de A a B a uma velocidade de 130 km/h”.

“...a companhia mostra resultados mais concretos para suas ambições, tendo publicado um vídeo que mostra modelos do Ehang 184 - de um e de dois lugares - voando sobre área rural da China (...). Segundo a companhia, 184 pessoas já utilizaram o veículo e cerca de 40 passageiros foram filmados desfrutando as manobras áreas, incluindo o CEO da Ehang, Huazhi Hu.

O Ehang 184 é, segundo a empresa, capaz de transportar uma única pessoa em até 130 km/h e sob condições de tempestade. Ele ainda teria capacidade para rodar com 23 minutos de carga.

Uma tela touchscreen, que executa o Google Maps, é usada para determinar o destino do passageiro, que deve seguir solitário, tendo em vista que não há nenhum piloto a bordo.

Entretanto, a Ehang já informou que planeja criar centros de comandos espalhados pelo mundo para ajudar seus veículos na navegação com segurança. 

A companhia ainda não revelou quando planeja lançar comercialmente o seu drone, que deverá custar entre US$ 200 mil e US$ 300 mil quando chegar, eventualmente, ao mercado”.

Já são os drones com utilização prática além das nossas filmagens e lazer a controle remoto. Logo nossos filhos dirão “olha eu aqui no meu drone pai, olha o que ele consegue fazer!”.

Material extraído de http://idgnow.com.br/.