ANIVERSÁRIO DO MTG – O tradicionalismo gaúcho comemorou os 54 anos de sua organização oficial com vários eventos, tendo seu ponto alto dia 28 de outubro, dia do aniversário do MTG, quando a sede em Porto Alegre abriu as portas para as 30 Regiões Tradicionalistas do Estado numa Live com transmissão simultânea em vários perfis do Facebook. Os vídeos enviados para a Live mostraram a diversidade de público que integram o movimento tradicionalista, com suas pilchas e seus conhecimentos.

CONVENÇÃO TRADICIONALISTA I – Na tarde do sábado, 31 de outubro, aconteceu uma Convenção Extraordinária do MTG, com um único propósito, o de estabelecer os valores das anuidades para o ano de 2021. Participaram deste encontro virtual os coordenadores regionais, conselheiros, gestão de prendas e peões adultos, membros da diretoria e a presidente Gilda Galeazzi, tendo como relator César de Oliveira. A Convenção aconteceu em um clima bastante truculento, com troca de farpas, campanha política para a próxima eleição do MTG em janeiro, e muitas opiniões divergentes nas redes sociais.

CONVENÇÃO TRADICIONALISTA II – Ficou definido pela Convenção que o valor das anuidades que as Entidades filiadas deverão repassar ao MTG em 2021 irá variar de R$108,54 a R$1.085,00, com desconto de 40% se estas forem quitadas até o mês de fevereiro. Estes valores foram propostos por um grupo de 23 coordenadores regionais do MTG e aprovados por 33 votos. Além dessa proposição, foram apresentadas mais duas, fato que gerou muita discussão nas redes sociais, através das quais a Convenção estava sendo transmitida.

FARPAS E RECLAMAÇÕES – Muitas vezes vemos as pessoas perdendo o senso da boa educação, a exemplo das centenas de opiniões divergentes nas redes sociais, durante a Convenção Tradicionalista. O MTG, que apresenta uma saúde financeira muito boa, não perdoou o pagamento das anuidades. E as entidades tradicionalistas, que na ponta do processo são as que fazem o tradicionalismo acontecer, que estão fechadas a oito meses, foram mais uma vez intimadas a contribuir com o MTG. Para isso, deverão usar a criatividade vendendo rifas, refeições, ou sensibilizando os associados para contribuírem de alguma forma ou outra.

RELATÓRIO DE TRANSPARÊNCIA I – O MTG anunciou a economia de 30% em despesas administrativas entre os meses de janeiro e setembro, com relação ao mesmo período do ano passado. Os números constam no Relatório de Transparência publicado no site da entidade, sendo que os números caíram de R$ 269 mil para R$ 188 mil. Segundo a Presidente do MTG, Gilda Galeazzi, a divulgação dos dados se deu agora em outubro porque foi substituído o sistema de informática, mais atualizado e preciso e também porque a maioria dos integrantes da Junta Fiscal faz parte do Grupo de Risco do COVID-19. Foi também feito um treinamento com os funcionários e contratado um contador com trabalho presencial.

RELATÓRIO DE TRANSPARÊNCIA II – Ao assumir a presidência do MTG, Gilda Galeazzi tomou diversas medidas para promover a economia dos recursos, gerando uma grande diminuição de gastos, como por exemplo, a redução das linhas de telefone pela metade (12 para 6), troca de fornecedores, renegociação de contratos, corte de serviços desnecessários e controle dos gastos com deslocamentos. O Relatório de Transparência aponta ainda que a atual gestão do MTG teve que honrar com compromissos da gestão passada, como por exemplo, o pagamento de R$24 mil em um acordo judicial referente ao pagamento de multas de trânsito.