REVITALIZAÇÃO E RECONSTRUÇÃO I – Temos notícias de diversos CTGs que estão lutando em busca de uma sede própria ou de entidades que buscam melhorias de suas estruturas físicas. Estas ações refletem a influência social que as entidades possuem frente a comunidade, atuando como locais públicos necessários para o desenvolvimento municipal. Segundo a presidente do MTG, Gilda Galeazzi, “os CTGs inseridos na sociedade são, de modo geral, a fonte que proporciona a transformação de uma sociedade carente de valores. A melhoria e aquisição de estruturas representa, portanto, uma forma de fortalecer o cerne da entidade e também dispor de um local saudável e comunitário, tão necessário para a sociedade”.

REVITALIZAÇÃO E RECONSTRUÇÃO II – No intuito de oferecer para a comunidade um local aprazível e seguro, o CTG Rodeio da Querência apresentou um projeto de revitalização física de sua sede social, candidatando-se a receber uma verba remanescente da Lei Aldir Blanc, destinada às entidades em decorrência da falta de recursos devido à Pandemia. As obras já serão iniciadas nas próximas semanas.

REVITALIZAÇÃO E RECONSTRUÇÃO III – O CTG Guardiões da Fronteira, de Tenente Portela, foi contemplado com uma emenda parlamentar do Deputado Federal Covatti Filho, que destinou recursos para a construção de uma sede própria, tão sonhada pela entidade. Já foram autorizados todos os tramites legais necessários, como a destinação da área que foi feita em novembro de 2020, pelo prefeito do município, Clairton Carboni. A partir disso, a entidade está autorizada a ocupar o local e fazer as alterações necessárias, de acordo com o projeto.

FECARS /2021 – O Conselho Diretor do MTG anunciou ainda no mês de junho que a Festa Campeira do Rio Grande do Sul acontecerá em março de 2021 em Pelotas. A Fecars está em sua 32ª edição e abrange as modalidades de prova de rédeas, tiro de laço, prova de chasque, gineteada e vaca parada. Porém esta data já está sendo novamente questionada, devido ao panorama assustador da Pandemia em todo estado, principalmente nesta região tradicionalista. O objetivo do evento é preservar os costumes, as tradições e o folclore do povo gaúcho e valorizar e demonstrar as habilidades campeiras.

BIBLIOTECA GAÚCHA – – A obra “Danças Folclóricas e Tradicionais Gaúchas: Uma proposta pedagógica” da Martins Livreiro Editora é um livro digital (e-book), de autoria de Toni Sidi Pereira e Jeferson Camillo que faz uma importante reflexão sobre a forma de ensino das danças nos CTGs e nas escolas. Faz uma indagação sobre o porquê o espaço escolar do Rio Grande do Sul não se dedica ao ensino das danças gaúchas e até que ponto este conteúdo poderia auxiliar na aprendizagem. A forma de organização desta obra busca ressaltar assuntos relacionados ao ensino das danças como um todo, trazendo aspectos pedagógicos e subsídios históricos. Valor deste e-book: R$40,00

RIFA – Para fazer frente às suas despesas mais urgentes, o CTG Rodeio da Querência realizou uma rifa, que foi sorteada dia 19 de dezembro durante o seu programa na Rádio Luz e Alegria. O resultado foi o seguinte: 1º Prêmio: Ana Clara Gutkoski; 2º Prêmio: Valentina Grassi; 3º Prêmio: Luiza Trenepohl; 4º Prêmio: Juarez Cocco; 5º Prêmio: Ronan Lucas Ortiz; 6º Prêmio: Beto Dalla Valle.