Geralmente, as campanhas de conscientização quanto ao uso de álcool e direção automobilística, começam com: SE BEBER, NÃO DIRIGA! Não é verdade? Mas vou propor uma outra maneira de dizer: SE DIRIGIR, NÃO BEBA!

Sim, por que normalmente quando você sai de carro, você já sabe que vai beber! Não? Acho que sim! Com raríssimas exceções, você está indo de carro para um bar, um jantar, um encontro de família ou uma festa com amigos. Isso!?

Então SE DIRIGIR, NÃO BEBA! Não espere beber para depois ver como vai voltar. Se programe antes. Veja com quem pode ir e qual será a logística da volta.

Vamos falar baixinho aqui: “quem gosta de um chope, uma cerveja, vinho ou outra bebida, em alguma oportunidade, já conduziu seu veículo após.” Claro que sim. Infelizmente é cultural.  Saímos dos ambientes, após ingerir bebida alcoólica. Ah, mas não fiquei bêbado. Não interessa, a Lei é bem clara, bebeu álcool, não pode dirigir. Por isso: SE DIRIGIR, NÃO BEBA!

Ainda bem que já chegou a Frederico Westphalen e região, os aplicativos de condução. Se já vou beber, já saio sem carro. Pronto. Um chopp a menos em valor e você volta para casa são em salvo. Não corre risco de acidentes e além de dar exemplo na sociedade e para sua família. É questão de costume, apenas isso.

Vejo que muitas vezes, reclamamos que a festa tal, tem que pegar a BR, então temos que nos cuidar. Ou que: “vamos fazer a festa aqui na cidade, daí dá pra beber”! Gente, não dá!

Sempre digo nas minhas palestras, que muitas vezes, as festas e os bailes, os sucessos são medidos pelo número de barris de chopes que são vendidos. Mas e a volta? As pessoas se preparam para dirigir e beber? Lamentavelmente não!

E os jovens? Cada vez mais cedo entram em contato com o álcool e logo a combinação com a direção do carro, podem ser fatais.

Quero aqui, incentivar a todos a nós a mudar. Quem sabe um programa de prevenção. Quem sabe os donos de bares e restaurantes fazerem parceria com os aplicativos, onde a cada tantos chopes, você ganha a carona para casa. Não valeria a pena? Legal né!

São com exemplos positivos, que a gente muda uma sociedade, seja no que for. Num primeiro momento, muitos irão debochar e rir, como aconteceu comigo. Estou mandando para todos os meus grupos, onde incentivo essa mudança. Deixe o carro em casa. Só isso.

Até semana que vem.