Com intuito de fortalecer a agricultura familiar, aumentar a geração de renda e a diversificar a produção para melhoria da qualidade de vida das famílias do campo, a Emater/RS-Ascar, em parceria com a prefeitura de Cerro Grande, Suinocultura Acadroli e Sicredi, entregaram nesta semana o primeiro lote de leitões para as famílias dos agricultor Altamiro Vicente Muhl e Euclides Boreli. As instalações dos agricultores têm a capacidade para 500 animais. Duas outras estruturas estão em fase de construção, uma na propriedade da família do agricultor João Carlos Cenci e outra na propriedade do agricultor Wilmar Antônio Valcarenghi. Estas instalações foram liberadas com recursos do Banco do Brasil. Para o técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar Adrinei Fumagalli, além de uma nova alternativa de renda, a suinocultura traz vários benefícios para os agricultores. “A consorciação da suinocultura com outras atividades, como a bovinocultura de leite e a produção de grãos, com utilização dos dejetos para adubação do solo, são opções que contribuem para o desenvolvimento da atividade nas pequenas propriedades. Nós incentivamos sempre a diversificação nas propriedades como forma de aumentar a renda, possibilitando a sucessão familiar e, consequentemente, a qualidade de vida dos nossos agricultores”, destacou Fumagalli.