O major Carlos Alberto de Aguiar Junior assumiu função junto à Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH) na segunda-feira, 6 de abril. Colunista do jornal Folha e agora ex-subcomandante do 39º Batalhão de Polícia Militar, de Palmeira das Missões, Aguiar aceitou o convite feito pela diretora do Departamento de Justiça da SJDH, tenente-coronel, Nádia Gerhard, a fim de enfrentar novos desafios na carreira. "É uma experiência interessante, para que a gente possa conciliar todas as nossas ações dentro da carreira da Brigada Militar, com uma missão diferenciada. Vou poder, de alguma forma, representar bem a região e apoiá-la", destacou Aguiar.

Nas Eleições 2014, o major concorreu a deputado estadual pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), mas não conseguiu a vaga almejada na Assembleia Legislativa. No momento, ele disse que concentra esforços na carreira de policial militar. "Vou me dedicar ao máximo a essa nova missão na Secretaria. Com todos os defeitos e qualidades, tentarei obter um aprendizado melhor. A questão política vai vir ao natural, como consequência, lá na frente", explicou. 

PSB será oposição nas eleições municipais

Quando questionado se seria candidato a vereador nas próximas eleições municipais, Aguiar disse que isso é boato, porém, seu nome estará à disposição do PSB, partido que já confirma que será oposição no pleito de 2016. "Como vai ser essa oposição, a gente ainda não sabe. Com certeza estarei presente de alguma forma, seja ostensivo, mais reservado, no planejamento, como candidato... Não posso afirmar se vou ser candidato ou não, mas, com certeza, vamos apoiar no que for preciso", garantiu. 

Embora esteja distante da região, em Porto Alegre, Aguiar manterá vínculo com o município de Frederico Westphalen, onde sua família permanece, e com a população local, por meio da coluna no jornal Folha do Noroeste.

Cristiane Luza - policia@folhadonoroeste.com.br