O Dia Nacional de Combate ao Fumo foi comemorado em 29 de agosto. Essa data tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população para os danos sociais, psíquicos, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a epidemia global do tabaco mata mais de 7 milhões de pessoas a cada ano. Desse total, mais de 6 milhões correspondem a fumantes regulares de tabaco, enquanto que cerca de 890 mil correspondem a fumantes passivos, que estiveram expostos à fumaça do cigarro.

Entre as mais de quatro mil substâncias presentes no cigarro, a nicotina é considerada a principal responsável pelo vício e a grande vilã nessa guerra. De acordo com especialistas, ao ser inalada, a substância é absorvida pelo pulmão, entra na corrente sanguínea e chega ao cérebro, gerando sensações de prazer. Tudo isso acontece em questões de segundos.

O que pode ajudar a parar de fumar? Com força de vontade é possível abandonar o vício e preservar a saúde.

 

ARTE - Folha do Noroeste