A recepção e inspeção dos animais de argola (de exposição) participantes da 44ª Expointer começaram nesta segunda-feira, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Ao todo, a feira contará com 4.057 animais, sendo 2.825 de argola e 1.232 rústicos. 

Os primeiros animais a entrarem no parque foram os oito ovinos das raças Texel, Merino Australiano e Ile de France do criador Sérgio Luiz Oliveira, da Cabanha Oliveira, de Uruguaiana. Estacionado defronte ao Portão 8 desde a tarde de domingo, o ovinocultor foi o primeiro a chegar no parque pelo sexto ano, excluindo 2020, quando a Expointer foi digital. A secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, estará presente na abertura do portão 8, onde ocorre o desembarque dos animais. “Este ato representará a concretização desta Expointer”, afirma Silvana.

Após a abertura do portão, os animais de argola poderão entrar no parque todos os dias, entre 8h e 22h, até 4 de setembro, primeiro dia da feira. Os animais de provas e os rústicos inscritos na Expointer poderão ingressar durante todo o período do evento. Os expositores e funcionários das cabanhas e fazendas que acompanharão os animais passarão por triagem feita por equipe de saúde e terão que apresentar o exame RT-PCR ou antígeno negativo ou não detectável para Covid-19 para acessarem o parque.

Todos os animais que participam da Expointer são inspecionados pelo Serviço Veterinário Oficial. Em torno de cem profissionais, entre veterinários, zootecnistas e técnicos agrícolas, estarão envolvidos na recepção sanitária, emissão de documentos e oficialização de julgamentos, entre outras tarefas. “Quanto às exigências sanitárias, todos os animais devem estar acompanhados de Guia de Trânsito Animal (GTA) e demais documentos zoosanitários, como exames e atestados conforme a espécie e categoria animal, e devem estar na validade, além de portar atestado emitido por médico veterinário garantindo as boas condições sanitárias dos animais”, lembra o médico veterinário Paulo Coelho de Souza, chefe do Serviço de Exposições e Feiras da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

 

*Ascom Governo RS