Um pequeno dispositivo com numeração única capaz de possibilitar o acesso a informações como idade do animal, que vacinas já recebeu e se ele é castrado ou não, além do nome e endereço do proprietário. Assim deve funcionar um novo método de identificação de cães e gatos que começa a ser implementado em Frederico Westphalen neste ano.

A necessidade de realizá-lo no município foi levada ao conhecimento do Poder Executivo pela Associação Melhores Amigos dos Animais (Amaa), em reunião ocorrida no dia 20 de dezembro, entre membros da entidade, o secretário de Meio Ambiente Ivan Viana e o prefeito Roberto Felin Junior. A previsão é de que o primeiro lote de microchips seja adquirido ainda neste primeiro semestre de 2014 pelo poder público.

O microchip é implantado na pele do animal e as informações presentes nele são lançadas em um banco de dados universal. Conforme a vice-presidente da Amaa, Priscila Krodi dos Santos, o sistema só trará vantagens ao município, pois auxilia na organização da cidade, facilita a localização de cães ou gatos perdidos em vias públicas e aumenta a responsabilidade dos donos dos animais, pois possibilita a identificação e responsabilização do proprietário nos casos de abandono ou maus-tratos, ou mesmo nos de mordeduras ou ataques. “Essa medida, somada às castrações que já são realizadas pelo poder público, será de grande valia na promoção do bem-estar animal na cidade”, avalia Priscila.

As castrações – que evitam tumores, infecções uterinas e fugas nas épocas do cio – vão ser ampliadas no município, sobretudo no bairro São José, onde integrantes da Amaa visitam as residências desde o fim de dezembro de 2013, para cadastrar cães e gatos a passarem pelo procedimento cirúrgico. “O bairro São José foi escolhido pelo Poder Executivo como ponto inicial para ampliar as castrações que já vêm sendo realizadas, com muito sucesso, pelo município. Já se percebe uma diminuição acentuada de filhotes abandonados e o cadastramento realizado no próprio bairro vai facilitar a vida das pessoas que ali residem”, enfatiza a presidente.

Fiscalização a maus-tratos e abandono

Além das castrações, a Administração também se comprometeu a intensificar e assessorar a fiscalização aos maus-tratos e abandono de animais em Frederico Westphalen.

Qualquer informação a respeito de crimes como esses deve ser passada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por meio do telefone 3744-5050. Apresentar fotos, filmagens ou apontar testemunhas são importantes para documentar a denúncia dos casos.

No momento, no que diz respeito aos cuidados com animais, o setor coloca placas na praça da matriz, atentando principalmente os donos dos cães para a importância de recolher a sujeira deixada pelos pets nos espaços de uso público.