O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo (PP), empossou na segunda (11) o quarto suplente da bancada do MDB, Beto Fantinel, como deputado estadual. A cerimônia de juramento e posse foi realizada no Vestíbulo Nobre do Palácio Farroupilha, cumprindo os protocolos sanitários em decorrência da pandemia do novo coronavírus e com transmissão pelos canais digitais do Legislativo. Ele assume a vaga de Juvir Costella, que responde pela Secretaria de Logística e Transporte no governo de Eduardo Leite.

O governador Eduardo Leite foi representado pelos secretários Arthur Lemos, do Meio Ambiente e Infraestrutura, e Juvir Costella, de Logística e Transporte, enquanto o secretário de Planejamento de Assuntos Estratégicos da Prefeitura de Porto Alegre, o ex-deputado e vereador Cezar Schirmer (MDB), representou o prefeito Sebastião Melo. Também o deputado Edson Brum (MDB) prestigiou a cerimônia, assim como diversos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região da Quarta Colônia, localizada na região central do estado. 

Ao lado de familiares, o ex-vereador e dirigente estadual e nacional da juventude do MDB, Beto Fantinel, saudou as autoridades e reafirmou seu compromisso em representar os interesses da sua região, a Quarta Colônia. Natural de Dona Francisca, ele assume como o primeiro representante da localidade para a Assembleia Legislativa. Lembrou do perfil histórico de antigos legisladores de Santa Maria, cidade que alcançou expressiva presença na política rio-grandense, para reiterar sua disposição em atuar para as transformações que o estado necessita, reduzindo a burocracia e os custos para o cidadão, assim como na área do agronegócio e desenvolvimento regional. Fantinel participou do governo José Ivo Sartori e atualmente estava vinculado ao governo federal.  

Em sua manifestação, o presidente da Assembleia, deputado Ernani Polo (PP), destacou a presença de dois ex-presidentes, Cezar Schirmer e Edson Brum, evidenciando a relevância das instituições e daqueles que exercitam a vida pública. Saudou a representação política da Quarta Colônia que se deslocou da região central até a Assembleia, dizendo que a cerimônia foi restrita em função da obediência às restrições sanitárias, mas significativa diante da renovação política que a posse de Fantinel representa para a sua geração. Destacou, ainda, as mudanças provocadas pela eleição municipal na bancada do MDB na Assembleia, uma vez que Sebastião Melo e Fábio Branco, respectivamente prefeitos de Porto Alegre e Rio Grande, abriram vagas para dois suplentes que se tornaram titulares (Carlos Búrigo e Patrícia Alba), e a permanência de Juvir Costella no governo do Estado oportuniza a vaga para Beto Fantinel, já que a terceira suplente, Comandante Nádia, declarou-se impedida de assumir em função do mandato na Câmara de Vereadores da Capital.

*Com informações da Assembleia Legislativa