A defesa de Jonatan Klauck, que foi condenado em primeira instância pelo Tribunal do Júri da Comarca de Frederico Westphalen há algumas semanas pela morte de Camila Centenaro, em 2019, afirma que irá recorrer da decisão. Conforme o advogado que defende o acusado, Demetryius Eugenio Grapiglia, foi interposto um Recurso de Apelação da pena de 20 anos atribuída ao réu após o julgamento realizado no início de setembro.

Na apelação, o advogado, além de remeter o processo ao Tribunal de Justiça, também pede que a reanálise do caso em segunda instância ocorra com o réu em liberdade. “Outro fato é que Jonatan Klauck, ainda não foi condenado, pois para ser considerado condenado, a sentença precisa transitar em julgado, fato este que não ocorreu, visto que a defesa interpôs Recurso de Apelação”, afirma o advogado de defesa. Nas publicações acerca do caso, familiares de Camila Centenaro contatados pela reportagem optaram por não se pronunciar sobre o processo.