Após o período de recesso, o Conselho Municipal de Saúde de Frederico Westphalen realizou ao fim da tarde de quarta-feira, 12, a primeira reunião do ano, ocorrida na sede do Conselho, situada junto ao prédio da Secretaria Municipal da Assistência Social e Habitação.

Na ocasião, ganharam destaque a importância da construção do novo regimento interno e da participação ativa dos membros e entidades que representam. “A participação é fundamental, porque todas as ações de saúde passam pelo Conselho Municipal de Saúde, para assim criarmos e propormos coisas novas juntos”, realçou a presidente do Conselho, Neila Rodrigues.

Dos assuntos em pauta, foram aprovados: as contas da Consulta Popular 2010/2011, referentes à aquisição de equipamentos para a unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do bairro Jardim Primavera, no valor de R$ 40 mil; o Plano de Aplicação de Recursos de Gestão da Vigilância em Saúde do Fundo Municipal de Saúde; a Planilha de Pactuação de Indicadores 2013 e o Relatório de Atividades Anual dos Recursos Estaduais, incentivos do Hospital Divina Providência (HDP) relativo ao ano de 2013.

Além disso, houve a apresentação de cada equipamento da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Móvel e foram discutidos os projetos de construção da Base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), atualmente instalada no Posto de Saúde Central, e da unidade de ESF do bairro Santo Inácio, bem como o pedido dos moradores do bairro Fátima para a abertura de um posto de saúde na comunidade, uma vez que atualmente as famílias são atendidas na unidade de ESF do bairro Santo Antonio, a qual consideram longe de suas residências.

Cristiane Luza