O Conselho Municipal Pró-Segurança Pública de Frederico Westphalen (Consepro), por meio do presidente Lidio Signori, tesoureiro Antonio Figueiró e os conselheiros Álvaro Ungaretti, Clodimar Vanzin e Claudio Loose reuniram-se com os vereadores de Frederico Westphalen para apresentar o balanço de ações da gestão 2019/2021, oficialmente apresentar a nova direção do conselho e também explanar a atuação e demandas do órgão que é parceiro da Defesa Civil, Polícia Ambiental (Patram), Instituto Geral de Perícias (IGP), Brigada Militar (BM), Polícia Civil (PC), Bombeiros e Susepe.

De acordo com os dados apresentados, na última gestão foi aplicado nestas entidades o montante de R$ 156.571,51 em melhorias e aquisição de equipamentos, recursos gestionados pelo conselho. “Essa é a finalidade maior do Consepro, saber a demanda do órgão de segurança e buscar recursos com os parceiros gestionando a aplicação destes valores de forma a auxiliar no trabalho e, consequentemente, no atendimento para a população, o conselho em si, não fica com nada destes valores ele repassa sempre para ser aplicado em prol da segurança pública”, destacou o presidente Signori.

Porém, o tesoureiro da entidade apresentou aos vereadores, uma série de gastos fixos para manter o Consepro e, diante disso, que justifica, a busca pelo Executivo e Legislativo para aprovação de um valor que custeará essas despesas. “Deve chegar nesta Casa lLgislativo um Projeto de Lei repassando um valor para o Consepro e é isso que estamos aqui para explanar, não é um valor alto, porém ,é necessário porque hoje são os voluntários que fazem parte deste conselho que arcam com as despesas”, comentou Figueiró.

O montante gasto mensalmente é estimado em R$ 500 para a manutenção do site, internet, publicação de editais, registro de documentos, mensalidade da federação, trabalho de contabilidade e material de escritório.

Os vereadores de todas as bancadas se comprometeram com a aprovação da proposta, assim que chegar na Casa Legislativa.

Projetos para 2021/2022

Dentre as prioridades apresentadas pelo Conselho Pró-segurança para o próximo ano estão: aquisição de um novo caminhão para os Bombeiros, Construção da sede para a Delegacia de Polícia Civil, aquisição de equipamentos para a PC e internet de melhor qualidade para a sede da Patram.

*Com informações da Ascom Câmara