Formada em pedagogia pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), campus de FW, a frederiquense Elisiane Lippi está à frente de um grande desafio! Depois de uma rigorosa seleção, como mentora, ela terá a missão de orientar cinco autores da Nova Escola, no projeto intitulado “Time de Autores”, que terá o foco na Educação Infantil. Planos de atividades terão sua contribuição.

A Associação Nova Escola, é uma organização independente e sem fins lucrativos criada e mantida pela Fundação Lemann. Além de uma revista, reconhecida há mais de 30 anos pelos professores em função da qualidade dos assuntos que aborda em cada edição, dissemina o material no site (novaescola.org.br) e perfis oficiais nas redes sociais. São contemplados, por exemplo, a elaboração de atividades escolares e milhares de planos de aula, que auxiliam na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no país, modificada neste ano.

Sobre o projeto

Conforme Elisiane, a “Time de Autores” é formado por professores que atuam ou já atuaram na Educação Infantil, bem como, em disciplinas que permeiam o Ensino Fundamental. “A missão do projeto é colocar professores de escolas públicas e privadas, no lugar de autores dos materiais sobre processos de ensino e de aprendizagem. Afinal, o melhor conteúdo para sala de aula é aquele feito de professor para professor”, explicou a pedagoga. Os planos com as atividades serão disponibilizados para qualquer professor no site da Revista. A iniciativa será realizada até 2019, com acesso gratuito aos seis mil planos de aula multimídia, de todas as disciplinas, da Educação Infantil ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Nova Base Nacional Comum Curricular

Atualmente a Revista Nova Escola mudou a nomenclatura do material que está disponibilizando. Antes, eram chamados de “planos de aula” e agora “planos de atividade”. Isso porque o material do “Time de Autores” não será engessado na rotina que uma aula da Educação Infantil apresenta, mas sim, como uma sugestão. Desta forma, o professor poderá introduzir em seu planejamento quando pensar em atividades para as aulas. – O foco principal será elaborar esses planos de atividade sempre tendo como norte a BNCC. Ela traz como uma das principais características, ter a criança como o centro do ensino. Ou seja, nosso “Time de Autores” vai estudar a fundo quais são os principais interesses e necessidades das crianças que estão frequentando a Educação Infantil. Vamos transformar este conteúdo em atividades práticas, sempre considerando as mais diversas realidades encontradas nas escolas do país – , explicou a mentora.

Na BNCC, as faixas etárias da Educação Infantil são divididas da seguinte maneira: Bebês (crianças de 0 a 1 ano e 6 meses), Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) e Crianças Pequenas (4 anos a 5 anos e 11 meses). Assim, o “Time de Autores” irá estudar e refletir necessidades de cada faixa etária propondo os planos de atividade já prontos para os professores utilizarem.

“A base de toda conquista é o professor”

Elisiane contextualiza a importância do projeto quando estamos em um momento de desvalorização da profissão do professor. “Infelizmente, hoje passamos por este período de desvalorização profissional. Isso desmotiva muitos jovens que têm o sonho de atuar na docência e acabam indo trabalhar em outras áreas. Penso que seja de extrema urgência nos unirmos para mudar esta realidade. Não apenas os profissionais da educação, mas também, toda a comunidade que entende a importância da nossa profissão”, considerou a pedagoga que trabalha na Educação Básica há quase 10 anos.

Como acompanhar as produções?

A produção de todo este material, segundo Elisiane, já começou. Os envolvidos estão realizando reuniões online e videoconferências, proporcionando que cada um possa se apresentar e contar experiências. É uma tarefa que reúne integrantes do “Time de Autores”, seus organizadores, mentores e professores selecionados. O grupo já está estudando materiais de referência quanto às faixas etárias, principalmente a Base Nacional Comum Curricular. Os planos de atividade serão elaborados de julho a dezembro sendo divulgados no site da Revista Nova Escola. É uma iniciativa que levará, de certa forma, um pouco do “recorte” da educação e suas peculiaridades aqui da região, ao mesmo passo em que evidencia a excelência do ensino proporcionado na URI. “Sinto orgulho enorme em fazer parte disso”, finalizou Elisiane.