Na manhã desta quarta-feira, 13, policiais rodoviários federais autuaram e retiveram, pela segunda vez, um caminhão transportando 36 toneladas de excesso de peso na BR-290, em Porto Alegre.

Durante ação de segurança viária, agentes da PRF abordaram para fiscalização um caminhão que tracionava dois semirreboques. A vistoria da carga e da documentação revelou que ele estava carregado com 68 toneladas de areia, excedendo em muito sua capacidade de carga. O veículo foi retido e o condutor precisou providenciar a retirada das 36 toneladas de carga excedente para prosseguir viagem.

Esse mesmo caminhão havia sido autuado no mês de dezembro de 2020 com exatamente o mesmo excesso de peso em outra carga de areia. O veículo já soma mais de 37 mil reais em autuações por excesso de peso. No caso dele, o risco da infração e o valor da autuação são maiores porque o peso excede a capacidade de tração do veículo.

O transporte de carga com excesso de peso, além de danificar a rodovia e gerar o desgaste precoce do asfalto, afeta severamente o funcionamento  adequado da suspensão e do sistema de freios, aumentando o risco do envolvimento em acidentes.

*Com informações da PRF