O Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen está realizando reuniões de avaliação do trabalho desenvolvido neste ano e a apresentação do plano operativo para 2015. O programa é desenvolvido com os 42 municípios do Médio Alto Uruguai e Rio da Várzea da área de abrangência da unidade, que começaram a serem analisados desde o início do mês de setembro. Na tarde da última segunda-feira, 29 de setembro, a equipe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Cristal do Sul apresentou os resultados dos trabalhos realizados até o momento e as expectativas e as tendências para o próximo ano. O evento aconteceu na Câmara de Vereadores do município e reuniu diversas autoridades locais.

O programa incluiu 49 famílias que estão em situação de extrema pobreza. Os projetos produtivos desenvolvidos foram de gado de leite, galinheiro, chiqueiro, horta, pomar, entre outros. Todos os agricultores beneficiários participam de capacitações nas temáticas de garantia de direitos, qualidade de vida e inclusão produtiva. Outras 115 famílias foram orientadas para a produção do autoconsumo na segurança e soberania alimentar, além de cem famílias orientadas em educação e cidadania alimentar.

A área da bovinocultura de leite teve 48 agricultores que receberam orientações sobre o manejo do rebanho. Também teve 31 produtores na criação de novilhas e terneiras, além de 46 produtores que foram orientados sobre manejo a base de pasto, outros 51 tiveram a participação para melhorias da qualidade do leite e 49 na implantação de forrageiras. Nesse ano também mais de 270 famílias receberam assessoramento para acesso a políticas públicas, direitos sociais e socioassistenciais. Somente nesse ano, 770 famílias foram atendidas no escritório da Emater/RS-Ascar para a elaboração de projetos, documentos, laudos e outras opções. Até o momento 14 projetos de açudes com sistemas de irrigação foram encaminhados e 12 projetos de cisternas com irrigação, além de mais seis projetos de açudes para pisciculturas, já que a região está começando a se tornar forte nesse segmento.

Para o ano de 2015 o plano operativo prioriza atividades de segurança e soberania alimentar, que envolve produção para autoconsumo, educação e cidadania alimentar e intercâmbio de sementes e mudas crioulas. Uma das prioridades será a piscicultura, onde serão realizadas ações sobre despesca, comercialização e licenciamento ambiental. Outra atividade com destaque na região, a bovinocultura de leite continua como atividade prioritária, onde serão realizadas ações para o manejo do rebanho, aumentando ainda mais as atividades leiteiras, trazendo maior qualidade do leite, implantação de forrageiras, entre outras. Para o próximo ano, ainda está sendo planejado o assessoramento para o acesso a políticas públicas e ações que priorizam ainda mais o solo,

implementando e descompactação para melhorar a cobertura do solo, tendo a correção de acidez, fertilidade e adubação.

A equipe ainda continuará realizando ações para a agricultura de base ecológica, agroindústria, apicultura, artesanato, assessoramento a gestão rural, assistência técnica com idosos, avicultura colonial, crédito rural, educação e promoção da saúde, erva-mate, juventude rural, citricultura, entre outras inúmeras atividades que são prioritárias para o próximo ano.

Cristal do Sul possui uma população de 2,8 mil habitantes e conta com 719 propriedades rurais, sendo que 230 tem menos de cinco hectares e 380 de cinco a 20 hectares. A economia do município é essencialmente agrícola. No ano de 2014 as prioridades atendidas pela Emater/RS-Ascar alcançaram inclusão social e produtiva, segurança e soberania alimentar, bovinocultura de leite, acesso à políticas públicas e assistência técnica e extensão rural para o crédito fundiário.

O escritório municipal da Emater/RS-Ascar de Cristal do Sul, é composto pelo técnico em agropecuária, Getúlio Oliveira Lanes e pela extensionista da área de Bem-Estar Social, Fabiane Bonafé Kerber.

Renato Padilha rural@folhadonoroeste.com.br