Família moradora de Erval Seco que teve a casa consumida por um incêndio, em junho deste ano, precisa de materiais de construção para fazer uma nova residência.

Aposentado por invalidez por problemas na coluna e em uma das pernas, João Luís da Silva, de 52 anos, na época criava sozinho os dois filhos, Lavínia, de 12 anos, e João Vitor, de 8. Na noite de 14 de junho, felizmente o imóvel onde eles residiam, na linha Maragato, estava vazio. Foi quando o sinistro deixou a moradia em escombros.

Naquela noite, Silva saiu para buscar o filho que havia ido ao culto e Lavínia foi à casa de uma tia, que morava nas proximidades, enquanto o pai estava fora. "Só pensava na menina. Quando cheguei, ela me abraçou e disse: 'Vivemos sem as coisas, mas não sem o pai'. Era para eu não tentar entrar lá para salvar nossas coisas", contou João em entrevista ao Folha.

Desde então, a família recebeu doações de roupas, calçados e móveis, entre outros, mas precisa de areia, tijolos, cimento, britas e telhas, por exemplo, para se reestruturar e deixar a casa cedida onde estão.

Quem quiser ajudar, pode entrar em contato com Sebastião da Silva, por meio do telefone (55) 9990-8104.

Cristiane Luza