A Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) recebeu no sábado, 17, mais uma remessa do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para seguir com a produção nacional da vacina contra a Covid-19 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz. 

O lote de IFA foi desembarcado no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro na noite do sábado, e posteriormente encaminhado para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz). 

A quantidade de matéria-prima recebida pela fundação é suficiente para o envase de cerca de 10 milhões de doses do imunizante. Com isso, a Fiocruz garante as entregas semanais do mês de agosto. Além disso, a fundação também aguarda novos envios de IFA para seguir com a matéria-prima necessária para a produção dos imunizantes. 

Até este fim de semana, conforme o Ministério da Saúde, o Brasil já distribuiu 153 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 para Estados e municípios. Ainda conforme o ministério, o país é um dos quatro que mais vacinam no mundo. O Rio Grande do Sul, por exemplo, atingiu patamar de aplicação de primeira dose acima de 50% da sua população adulta recentemente.