O senador licenciado, Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro escondido na cueca, deve retornar ao Senado em fevereiro. A informação foi divulgada pelo portal Congresso em Foco.

Rodrigues é acusado de desviar recursos que seriam destinados no combate a Covid-19, em Roraima. Após ser pego com R$ 30 mil na cueca, em outubro de 2020 na cidade de Boa Vista-RR, o parlamentar pediu afastamento dos trabalhos por 121 dias. A licença expira no dia 17 de fevereiro, e segundo o portal, o senador quer retomar o seu posto.

Sobre a acusação, a assessoria do senador teria afirmado que o dinheiro encontrado pelas forças policiais “é declarado em imposto de renda e as emendas que Chico Rodrigues destinou para covid-19 ainda não foram pagas, não havendo nada ilegal”. Antes de se licenciar, Chico Rodrigues chegou a ser vice-líder do atual governo.

 

*Com informações do Congresso em Foco