Os vereadores de Frederico Westphalen aprovaram por unanimidade, em sessão ordinária, três projetos de autoria do Executivo, um deles, o Projeto de Lei (PL) 100, autoriza a contratação de profissionais para compor a equipe multidisciplinar da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. A proposta visa a contratação de um psicólogo, dois psicopedagogos e dois fonoaudiólogos pelo prazo de um ano prorrogável por igual período. A contratação será feita por meio de processo seletivo simplificado.

– Fico feliz que o projeto de número 100 que é analisado por essa casa seja da educação. Porque eu acredito que a educação gera saúde, desenvolvimento, recursos financeiros, amizades e é o carro chefe da sociedade. Hoje, mais que nunca o aluno precisa ser atendido na escola como um todo, parte de higiene, saúde, talentos, desenvolvimento social, cognitivo, financeiro, mas, para isso, é preciso investimento e valorização dos profissionais que fazem a educação acontecer, e não tenho dúvidas da importância desta equipe para atendimento aos estudantes de Frederico Westphalen – comentou o presidente do legislativo, Jorge Alan Souza.

De acordo com a justificativa do projeto a demanda é crescente, devido à pandemia onde as crianças das séries iniciais ficaram longe das salas de aula.

A atual equipe multidisciplinar já atende cerca de 120 crianças e é comporta uma Assistente Social, uma Fonoaudióloga, uma Psicóloga, uma Psicopedagoga, e uma Professora de Atendimento Educacional Especializado (AEE), ou seja, cinco pessoas, com as cinco contratações serão 10 profissionais atendendo os estudantes e com possibilidade de abranger, inclusive as crianças da Educação Infantil.

Aprovação de terreno para o Sindisfred

O Sindicato dos Servidores Publicos de Frederico Westphalen (Sindisfred) também será beneficiado com proposta aprovada pelo Legislativo, o PL 096, que visa a cedência de uma área de terras localizada no loteamento Boa Esperança, bairro Fátima, para a construção de uma sede, um campo de futebol e uma praça para uso comunitário.

O vereador Jacques Douglas de Oliveira ao pontuar que hoje a gestão pública conta com mais de mil servidores destaca que a classe merece esse reconhecimento e, consequentemente, poder contar com um espaço de recreação. Já Belonir Vendrusculo instiga a gestão pública a doar a área para o Sindicato. “O projeto cede a área pelo período de 10 anos, mas creio ser coerente vir a essa Casa, um projeto destinando essa área ao sindicato, uma vez que eles irão construir a sede no local e não deverão em 10 anos ficar desabrigados novamente”.

Ainda foi votado e aprovado o PL  099, que autoriza o Executivo Municipal a receber doação de fração de terras destinadas para o arruamento das Ruas David Bertoletti, Ângelo Milani e Celeste Dalla Nora e feita a leitura do Pedido de Providência de número 20, de autoria das bancadas do Progressistas, PSDB e PDT que busca melhorias no abastecimento de água na região alta do bairro Barrilense.

A sessão teve ainda a homenagem ao União Frederiquense de Futebol, pela conquista do título do Gauchão Série A2 e acesso a Série A.

Resumo da sessão

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 20/2021 - Melhorias no abastecimento de água, do alto do Bairro Barrilense.

PROJETO DE LEI Nº 096, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2021. - Autoriza o poder executivo a celebrar contrato administrativo de concessão de uso de bem público municipal com o Sindicato dos Servidores Municipais de Frederico Westphalen/RS, para a construção de sua sede, em um espaço da administração publica no bairro Fatima. (APROVADO)

PROJETO DE LEI Nº 099, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2021. - Autoriza o Poder Executivo Municipal a receber doação de frações de terras, destinadas ao para o arruamento das Ruas David Bertoletti, Ângelo Milani e Celeste Dalla Nora. (APROVADO)

PROJETO DE LEI Nº 100, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2021. - Dispõe sobre a necessidade de contratação temporária de excepcional interesse público de profissionais para compor a equipe multidisciplinar da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Está previsto na proposta a contratação de um psicólogo, dois psicopedagogos e dois fonoaudiólogos que se somam há uma Assistente Social, uma Fonoaudióloga, uma Psicóloga, uma Psicopedagoga, e uma Professora de Atendimento Educacional Especializado- AEE, para atendimento as mais de 120 crianças cadastradas.

*Com informações da Ascom Câmara