Estudantes, servidores e professores da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) lideraram mobilização ocorrida na noite desta quinta-feira, 20 de agosto, em Frederico Westphalen.

Por volta das 20 horas, em caminhada, eles seguiram do campus, no bairro Aparecida, até o Centro do município. Participaram do ato, professores do 26º Núcleo do Cpers/Sindicato e membros da Associação Única dos Policiais Militares do Médio Alto Uruguai (Aupm-Mau).

Na Praça Dom Bruno Maldaner, profissionais do ensino e universitários falaram sobre as mudanças que precisam ser feitas quanto à gestão dos recursos públicos, o parcelamento dos salários no Rio Grande do Sul, os investimentos que precisam ser feitos na Uergs e as paralisações feitas pelo funcionalismo do Estado.

O presidente da Associação dos Docentes da Uergs, Paulo Groff, destacou que a manifestação funcionaria como uma aula pública sobre cidadania. Em FW, o curso oferecido pela instituição é Administração, com ênfase em Gestão Pública.

Outros manifestantes que falaram ao microfone lembraram sobre a importância de a sociedade manter diálogo sobre as problemáticas que cercam a gestão pública, de criar novas possibilidades e projetos para a população e que a educação e a segurança pública não devem sofrer pela má gestão dos recursos. 

Cristiane Luza