Sentar-se em um pufe confortável, usando meias quentinhas e macias, bebendo um cappuccino. Assistir a um filme perto de uma lareira comendo um bolo que acabou de sair do forno. Sentar-se próximo à janela em um fim de tarde com uma caneca de chá para ver a chuva. Se só de imaginar essas vivências você já sentiu um grande aconchego, você está mais perto de entender o Hygge – termo dinamarquês que define não apenas uma tendência, mas um estilo de vida.

Segundo o relatório anual da ONU, a Dinamarca é o país mais feliz do mundo. E tudo se deve a uma pequena e estranha palavra: o Hygge. Hygge é aquele sentimento, a felicidade que surge nos pequenos prazeres da vida. É bem-estar, é sentir-se acolhido, em paz, sossegado, confortável, relaxado e livre. 

Esse estilo significa cuidar da iluminação para que o ambiente seja convidativo, colocar uma boa música de fundo, velas e flores sobre uma mesa: é aquele toque especial para provocar um prazer simples.

Conforto: Lã, pele, linho o algodão

Tem como palavra-chave  o conforto. Para criar ambientes neste estilo, abuse de peças aconchegantes, macias e que “abracem” os usuários dos ambientes. Use muitas almofadas, “jogue” mantas no sofá, espalhe velas pela casa, dê preferência a móveis acolhedores e deixe a luz natural invadir o espaço o máximo que ela conseguir.

Se você quer adaptar sua casa a esse estilo, procure suavidade e o conforto em todos os elementos e materiais. Tudo que traz conforto e é fofo é muito bem vindo! Lã, pele, linho o algodão! Almofadas, mantas, sofás, poltronas são os privilegiados da decoração hygge! Use sem moderação!

As cores neutras prevalecem

As cores nesse estilo de decoração são sempre bem neutras e transmitem certo ar de nostalgia: Rosa bebê, beges, vários tons de marrons, cinzas e, em grande destaque, o branco. Quase sempre com materiais de madeira que representam o aconchego de um lar aquecido.

Luz: velas e iluminação natural são imprescindíveis

Velas trazem aconchego, intimidade; e as perfumadas, estimulam os sentidos. 

Luz natural é fundamental – preste atenção ao aproveitamento das janelas, elimine todo e qualquer adorno que impeça ou dificulte a passagem do sol durante o dia e escolha cortinas que tragam leveza.

Toque Natural: utilize flores, plantas e madeira

Flores naturais sobre uma mesa. Plantas na sala. Paredes de cores mais neutras(branco, cinza, creme). Texturas de madeira ou pedra, lã, linho, algodão – para aquecer o ambiente. Todos esses detalhes usando materiais naturais fazem toda diferença no estilo e trazem felicidade através da simplicidade.

O hygge vai muito além da decoração. A ideia é relaxar e se sentir “em casa” tanto quanto for possível, esquecendo (por um momento que seja) as preocupações da vida. É algo como viver o momento, desfrutar o agora. É tentar ser generoso consigo mesmo e com os demais.

Hygge não é para ser traduzido. É para ser sentido!