Durante o meio-dia desta terça-feira, 13 de março, a Polícia Civil divulgou que o Judiciário decretou a prisão preventiva de um homem investigado por roubar dois celulares em Frederico Westphalen no mês passado. O mesmo já se encontrava na cadeia por ter mantido sob cárcere privado, na manhã de 18 de fevereiro, o filho de 5 anos e a companheira, grávida de 8 meses na época, no bairro Fátima.

A gestante foi liberada em cerca de uma hora. Já a criança, que estava no colo do pai sob ameaça de uma faca, após aproximadamente quatro horas e meia de negociação entre policiais militares e o autor, acompanhados de familiares e do Conselho Tutelar. Todas as vítimas saíram ilesas. 

Conforme o delegado Eduardo Nardi, as investigações apontaram que o rapaz de 28 anos rendeu, usando uma faca, dois adolescentes que saíam de uma casa de festas na madrugada daquele domingo. Ele fugiu com os celulares das vítimas, já apreendidos e devolvidos a elas.

Veja também: Cárcere privado ligado à violência doméstica não é incomum