A segunda reunião virtual da Liga Gaúcha de Futsal com os clubes da elite do futsal gaúcho reiterou a data de 29 de agosto para início da competição. A fórmula de disputa ainda não está definida, assim como o número de clubes que participarão da competição. Por solicitação dos clubes, foi confirmado que não haverá rebaixamento neste ano.

Os clubes terão até o dia 29 de julho para confirmar a participação na Liga Gaúcha deste ano. 

"Provavelmente teremos a competição com portões fechados, pelo que se desenha em relação às condições sanitárias do Estado. É importante que todos saibam que esta condição, e as ordens das autoridades estadual e municipais, inclusive para liberação das praças de jogos, seguirão balizando as nossas definições sobre a competição", explica o presidente da Liga, Nelson Bavier.

A Liga compromete-se ainda a desenvolver nos próximos dias um modelo de protocolo sanitário padronizado para retomada de treinos e de partidas em ginásios, a partir de protocolos já existentes em outras modalidades esportivas no Brasil. Há ainda tratativas para reduzir custos de testagem para Covid-19 a todos os clubes da Liga.

Participaram da reunião da noite desta terça representantes da ACBF, AEU, AFUCS, ALAF, AMF, Atlântico, Guarani Futsal, Guarany de Espumoso, Horizontina, Lagoa e do Passo Fundo. Os 12 foram ouvidos e relataram suas condições no momento e as perspectivas para os próximos meses. Houve concordância na importância da manutenção da competição neste ano, mas parte dos clubes ainda avalia a condição financeira para manterem-se ativos com a possibilidade de portões fechados.

"A Liga segue discutindo, e iremos evoluir nas próximas reuniões, planos para garantir a exposição dos clubes e dos jogos por alguma alternativa de transmissão, em caso de portões fechados", aponta Bavier.

Durante o encontro, a direção da Liga Gaúcha apresentou ainda as contas da gestão na temporada 2019.

Um próximo encontro virtual com os clubes da elite é previsto para o começo de julho. Nos próximos dias, a Liga Gaúcha também planeja reunir virtualmente os clubes das demais divisões, com a mesma pauta de discussões.

*Por: Ascom/Liga Gaúcha de Futsal