Devido ao calor e à falta de energia elétrica, 10.830 frangos, de um lote de mais de 22 mil aves, morreram na tarde do domingo, 9, na linha São João do Porto, em Frederico Westphalen. A mortandade ocorreu devido ao calor e à falta de energia elétrica na propriedade de Clairton e Marcos Bertoletti.

Segundo os proprietários, o prejuízo para eles e para empresa deverá superar os R$ 100 mil.

Os frangos foram enterrados em uma lavoura dos agricultores nesta segunda-feira, 10.

 

Confira a matéria completa na edição impressa do Folha, na sexta-feira, 14.