Na sala, no quarto ou na varanda, as mantas e as almofadas injetam cor no mobiliário, criam texturas no ambiente e estão à mão nos dias mais frios. O frio já está chegando ao fim, mas mesmo assim, texturas e formatos ganham espaço e destaque em todas as estações do ano. 

Almofadas e mantas são, cada vez mais, as peças queridinhas para compor conforto e aconchego. A boa nova é que estes acessórios seguem rumo a outras e mais ousadas propostas. Confira algumas dicas que separamos para você se reinventar: 

As mantas e cobertores em cores neutras se espalham pelo ambiente, deixando o espaço leve e divertido. Propositalmente têm padrões diferentes.

Além de possuírem beleza, podem servir como um cobertor em dias mais frios. A praticidade é uma das principais características dessa peça.

A manta é um acessório importante para montar a recepção da sua sala. Podendo ser em formatos artesanais, com texturas leves ou pesadas, bem como, tricôs ou macramê.

A manta combina tanto em lugares leves e claros, como em lugares com rusticidade elegante.- Além das mantas produzidas a mão, há também as mantas felpudas, produzidas com material fake, podendo ser colocadas em cadeiras ou sofás.

Além das mantas produzidas a mão, há também as mantas felpudas, produzidas com material fake, podendo ser colocadas em cadeiras ou sofás.


A almofada é o primeiro ponto de cor e ousadia, além de ser mais fácil e acessível para experimentar na decoração da casa. Principalmente, por serem pequenas e facilmente removíveis.

Em meio a uma profusão branca, cores e estampas podem ser inseridas com elegância e se tornam o destaque principal.

Invista em cores naturais ou nuances vibrantes, quando a sua decoração já possuir tons em cores vivas.

Itens no mesmo tom do sofá ou da cama criam um efeito monocromático que é inesperado e sofisticado. É um ótimo truque de estilo.

Entre as principais tendências, as felpudas são as melhores apostas para o inverno. Pelúcia e pele fake trazem ares descolados para a decoração.

Colaborou: Valéria Mulinari, arquiteta e colaboradora do Jornal Folha do Noroeste.