A Olimpíada Iraniana de Geometria (IGO) 2016 é organizada pelo Iran e foi realizada em 8 de setembro, com a participação de 30 países. Ela é composta de quatro níveis: Elementar, para estudantes dos graus 7º e 8º ano; Médio, para estudantes dos graus 9º e 1º ano; Avançado, para estudantes dos graus 2º e 3º ano; Nível livre: sem limite de idade. É a primeira vez que o Brasil participa dessa olímpiada e, neste ano, teve a representante frederiquense, conceituada em várias olimpíadas, Mariana Bigolin Groff. Os testes são enviados do Irã e aplicados em cada país. As quatro melhores pontuações de cada nível irão competir com outros países. As medalhas são dadas segundo a pontuação de todos os participantes. O Brasil não conseguiu ouro, ficando com duas pratas e quatro bronzes. Oito alunos representaram o Brasil, tendo apenas uma menina participando, nossa representante. Mariana ficou em 19º lugar no mundial, conquistando a medalha de prata e tendo o melhor desempenho entre os estudantes do Brasil. Mariana é detentora de 20 medalhas em olímpiadas científicas, sendo 13 medalhas de ouro. Foi percursora em várias premiações como: 1º ouro na OBM 2015, ouro na Olímpiada Internacional de Maio e, agora, prata e melhor desempenho brasileiro na Olimpíada Iraniana de Geometria.

Rafael Franceschet