O vereador de Planalto, Nelson Glowacki, que estava internado em Tenente Portela após ser atingido por tiros no município, faleceu nesta segunda-feira, 16. A informação foi confirmada pela Câmara de Vereadores de Planalto.

Conforme o delegado responsável pelo inquérito policial, Ercílio Carletti, Glowacki, de 50 anos, foi atingido por um tiro na perna e outro nas costas. De acordo com o delegado, não há imagens do local e até o momento não há suspeitos. Além disso, Carletti também afirmou que a polícia ainda não sabe qual seria motivação do crime, política ou pessoal. No local, foram encontradas capsulas deflagradas de revólver calibre 22. 

Nelson Glowacki (MDB) disputava novamente uma cadeira no Legislativo e, no domingo, 15, teve confirmada a sua reeleição para o cargo com 298 votos. A Câmara de Vereadores de Planalto emitiu uma nota e afirma que “lamenta profundamente o falecimento do vereador”, e, assim como a prefeitura, decretou luto oficial por três dias. O corpo do vereador será sepultado hoje à tarde no cemitério municipal de Planalto.