Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:10.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-fareast-language:EN-US;}

Uma jovem foi atropelada por volta das 10h30 deste sábado, 1º de fevereiro, na rua Maurício Cardoso, próximo à Cotrifred. O fato acorreu enquanto ela passava pela faixa de pedestres, quando um VW/Gol, placas de Frederico Westphalen, não parou e a atingiu.

Familiares da jovem que também passavam pela faixa chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ao chegar no local, os profissionais imobilizaram a jovem e a levaram para o Hospital Divina Providência (HDP) de Frederico Westphalen. Aparentemente, ela não sofreu graves lesões.

O jornal Folha entrou em contato para saber o estado de saúde da jovem, mas funcionários da recepção informaram que ela estava sendo atendida e que não poderiam passar mais informações.

Confira informações completas sobre o acidente na próxima edição do Folha.

Ana Paula Tamiozzo