Após muitas tratativas entre o corpo clínico, o hospital e a Administração municipal de Frederico Westphalen, foi encaminhado para a Câmara e aprovado por unanimidade pelos vereadores, o Projeto de Lei número 78, de 23 de agosto de 2018, que autoriza o município a repassar R$ 30 mil ao mês para o Hospital Divina Providência (HDP) a fim de pagar o sobreaviso clínico.

O convênio começou a contar a partir de 1º de setembro e tem validade de três meses, com possibilidade de ser prorrogado. Com isso, o HDP passa a contar com seis sobreavisos distintos, sendo que o clínico deverá abranger áreas não contempladas no contrato já existente, que prevê sobreaviso em traumatologia, anestesia, pediatria, cirurgia-geral e obstetrícia, como explica o chefe-geral do sobreaviso médico do hospital, Jorge Alan Souza. “Mais de 50% dos atendimentos feitos no hospital estão relacionados ao sobreaviso clínico. Na maioria dos hospitais, essa é a primeira especialidade a ser implementada, porque congrega uma gama bem ampla de profissionais que atuam em clínica médica ou medicina interna, como nefrologista, neurologista, gastro, pneumologista, psiquiatra, atendimentos de diabetes, colesterol, Aids, câncer, infecções. Tudo cai para atendimento deste profissional”, descreveu.

Com isso, o valor repassado pelo município de Frederico Westphalen para a manutenção do sobreaviso passa de R$ 150 mil para R$ 180 mil, garantindo a continuidade do serviço implementado pelo HDP ainda em janeiro e que estava sendo mantido com recursos da própria casa de saúde em parceria com o corpo clínico.