Vender os produtos das agroindústrias em todo o Estado. Esta é a oportunidade que o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agroindustrial (Susaf-RS) gera aos produtores familiares proprietários de agroindústrias que residem e trabalham nos municípios que aderem ao sistema. Na tarde de ontem, 13, o coordenador do Programa de Adesão dos Municípios ao Susaf e do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa-RS), Luiz Fernando Dalcin, apresentou a situação de cada município da região no programa e esclareceu dúvidas dos gestores. O evento, realizado na Escola Estadual Cardeal Roncalli, em Frederico Westphalen, reuniu centenas de lideranças regionais.

Segundo Dalcin, Frederico Westphalen, Sarandi, Erval Seco, Ronda Alta, Liberato Salzano, Pinhal, Planalto, Constantina e Lajeado do Bugre já aderiram ao Susaf-RS, o que possibilita aos proprietários de agroindústrias comercializarem seus produtos em qualquer município do Estado. “Os municípios que aderiram ao Susaf-RS poderão realizar a comercialização dos produtos de origem animal em todo Estado. Além disso, o município é contemplado com o kit Susaf-RS, que é um veículo novo para o SIM, computador, impressora e outros equipamentos básicos para o desenvolvimento das atividades”, explicou.

Para executar o Susaf-RS, o município deve manter o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) com credibilidade para receber o status de Homologado, que significa estar equivalente ao Serviço de Inspeção estadual emitido pela Coordenadoria de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Cispoa).

– É necessário estar sempre se capacitando para ter um serviço de excelente qualidade que possa garantir, cada vez mais, a qualidade da alimentação, de vida e da saúde da população –, ressaltou Dalcin.