Em uma entrevista coletiva após uma partida, o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, disse que seu grupo é responsável por 80% do sucesso de sua equipe e de que sua contribuição é de apenas 20%. Um time vencedor não é formado apenas por um jogador ou por um “Dream Team”, mas por uma união de esforços que se sobrepõe às principais dificuldades. Por trás de grandes times da história como o Chicago Bulls, Phil Jackson, multicampeão na NBA nos anos 1990, ou mais recentemente, Bill Belichick, que tirou a pecha do New England Patriots de time “azarado” para um verdadeiro “moedor” de adversários na NFL. O segredo de um grande time passa pela casamata.

O exemplo do jovem treinador Tiago Rodrigues, que comanda as Gurias do Yucumã, pode também seguir esse caminho das grandes histórias do esporte, inspirando cada vez mais outras pessoas. Natural de Tenente Portela, Tiago começou no futebol muito cedo, atuando em vários clubes como TAC, Tupi, União Frederiquense, Veranópolis e equipes do Paraná – nos respectivos Sub-20 -, além do Sapucaiense e Cruzeiro – estes, como atleta profissional. Como a vida de jogador no interior não é fácil, Tiago voltou para Tenente Portela para ficar com a família. Em meio a sua rápida carreira nos gramados de base, perdeu o pai muito cedo, aos 15 anos, e isso pesou bastante na decisão de abandonar a carreira de atleta profissional. “Minha mãe me sustentava, e mais cinco irmãos, trabalhando como empregada doméstica. Sem meu pai, pesou a decisão de, aos 19 anos, encerrar minha carreira e comecei a cursar Educação Física. Então, deixei o futebol de lado, me formei em Educação Física e fiz pós-graduação em treinamento esportivo e personal trainer”, disse Tiago.

Em meio a sua formação e consolidação na sua vida profissional, o futebol não deixaria Tiago abandonar seu sonho de estar nos gramados, seja dentro ou na casamata. Após terminar sua graduação, não faltaram convites para retornar aos gramados, mas desta vez, fora das quatro linhas. Tiago Rodrigues iniciou sua trajetória como treinador para iniciar um projeto no C.E.R Miraguai, clube onde iniciou sua curta carreira como atleta, passando por várias categorias do TAC, de Três Passos, até receber o convite de Ildo Scapini, o “guardião” das Gurias do Yucumã. “Neste meio tempo, recebi a proposta para iniciar um projeto em Tenente Portela, que é no C.E.R Miraguai, onde comecei no futebol com 9 anos. Depois disso, fui convidado para trabalhar no Sub-13 do TAC e fui morar em Três Passos, onde permaneci por três anos. Foi quando Ildo Scapini me ligou e comecei a trabalhar com as Gurias. Chegamos a um acordo, e iniciou a minha trajetória com as Gurias. Lembro que o time estava desorganizado taticamente e consegui colocar as minhas ideias para elas nos jogos. Tanto que, em menos de dois anos, conseguimos resultados muito bons, mesmo não tendo a estrutura da dupla Gre-Nal”, revelou Rodrigues.

Qual é a inspiração, professor?

Todo profissional, seja da área do futebol ou em qualquer segmento, tem algumas pessoas que inspiram. Com Tiago Rodrigues, não poderia ser diferente. A leitura também serviu para abrir os horizontes, tanto nas questões táticas como no seu próprio conhecimento. “Cabeça Fria Coração Quente”, de Abel Ferreira, ou “Nunca deixe de Tentar”, de Michael Jordan, são alguns dos livros de que estão na “cabeceira” de Tiago. Não há como negar que Pep Guardiola é uma das suas principais inspirações pela gestão de grupo e por sua revolução tática aplicada no Barcelona. O técnico Tite também é um dos “mentores” do jovem técnico portelense. O treinador da Seleção Brasileira enviou um áudio para o grupo de jogadoras durante a disputa das quartas de final do Brasileirão A3, diante do Ipatinga.

– Pep Guardiola foi a minha principal inspiração quando comecei a estudar as partes práticas e teóricas do futebol, mais, a gestão de grupo. Busco sempre me inspirar nas equipes que ele trabalha para trazermos para o nosso dia a dia esses fundamentos táticos. Gosto também do Tite. Ele nos enviou um áudio antes da gente enfrentar o Ipatinga. O próprio Abel Ferreira, do Palmeiras, gosto bastante da parte tática e da personalidade porque é ele é muito inteligente. Esses são alguns técnicos que eu gosto muito e procuro seguir o que eles fazem no dia a dia em seus clubes –, disse.

Sonho que se sonha junto é realidade!

À frente do time há mais de um ano, Rodrigues e suas comandadas já têm muito para se orgulhar. Em duas temporadas, sua equipe chegou entre as quatro melhores do Gauchão Feminino 2021, conquistando campeão do título do Interior e terceira colocada nesse mesmo certame, o que lhe deu direito a viver um sonho: a disputa do Brasileirão Feminino A3 2022. Junto com a sinergia entre grupo e técnico, Tiago Rodrigues avalia que nada seria possível se Ildo Scapini não estivesse à frente deste projeto. “Todo mérito precisamos dar ao Ildo, que é diretor do clube, e um dos fundadores desse projeto. Sempre busca ouvir nossas sugestões para melhorar dentro de campo. No início do projeto nós passamos muitas dificuldades e depois começaram a surgir os resultados e, com isso, as empresas começaram a acreditar na gente”, avaliou o técnico das Gurias.

Nas primeiras dificuldades, o próximo passo, geralmente, é desistir, porém, como diz um trecho da música de Raul Seixas chamada “Prelúdio”, ‘sonho que se sonha junto é realidade’. E a realidade bateu na porta tanto do Tiago, com as Gurias do Yucumã ou do seu Ildo, com a missão de fazer futebol no interior, e na categoria feminino. Tiago fala das dificuldades e explica dos motivos para não desistir desse projeto e marcar seu nome na história do esporte regional. “No início do projeto nós passamos por muitas dificuldades. Me recordo que nos primeiros dias treinando as Gurias, não tínhamos nem bola para treinar e materiais esportivos. Futebol é resultado. Depois que a resposta veio dentro de campo, os apoios começaram a surgir. Temos duas metas para este Gauchão 2022: a primeira delas é classificação, buscando classificar em primeiro; em seguida, chegar em uma tão sonhada final, e conseguir a vaga no Brasileirão do ano que vem”, disse otimista, o treinador Tiago.