O ministro do Trabalho e Previdência do governo Jair Bolsonaro, Onyx Lorenzoni (PL), concedeu entrevista exclusiva ao Complexo Luz e Alegria na manhã desta quarta-feira, 29, no programa “LA Regional”, da Rádio Luz e Alegria AM 1.160. Durante o bate-papo, Lorenzoni fez um balanço sobre os avanços obtidos à frente desta pasta. O ministro comemorou a criação de mais de 321 mil novas vagas de emprego em novembro de 2021.

Onyx, argumenta que antes de 2016 - durante o governo Dilma Rousseff -, cerca de 2 milhões de brasileiros ficaram desempregados. O chefe do Ministério do Trabalho e Previdência também criticou a atitude do governador, Eduardo Leite, durante a pandemia que culminou no fechamento de várias empresas, gerando assim, desemprego no Rio Grande do Sul.

Recentemente, Onyx Lorenzoni, filiou-se ao PL, junto com presidente Jair Bolsonaro, que estava sem partido, desde sua saída do PSL em 2019. Lorenzoni afirma que deixou o Democratas por lealdade a Bolsonaro e ressalta que será cabo-eleitoral dele no RS em 2022. Em outubro, Democratas e PSL – ex-partido de Bolsonaro, aprovaram sua fusão. Agora, cabe ao TSE aprovar essa mudança. Em janeiro de 2022, Lorenzoni irá detalhar qual será seu plano de governo, durante o lançamento de sua pré-candidatura ao governo do Rio Grande do Sul em 2022.

*Ouça abaixo, a entrevista com Onyx Lorenzoni, ministro do Trabalho e Previdência