A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Santo Ângelo, com apoio da Delegacia de Polícia de Frederico Westphalen, ao cumprir mandado de busca e apreensão na manhã desta quarta, 25, em Frederico Westphalen, efetuou a prisão em flagrante de um homem de 34 anos de idade, o qual possuía armazenados mais de 2.000 arquivos de pornografia de crianças e adolescentes, além de efetuar o compartilhamento das imagens. 

A investigação teve início há quatro meses, e a ação decorreu da Operação Black Dolphin, desencadeada em âmbito Nacional e em diversas cidades no Estado do Rio Grande do Sul, resultante de investigações contra pedofilia e demais crimes contra crianças e adolescentes. 

Participaram da ação, dois delegados de Polícia, cinco agentes policiais e um perito do Instituto Geral de Perícias (IGP).

Após as formalidades legais, o preso foi encaminhado ao Presídio Estadual de Frederico Wesphalen.

*Com informações da Polícia Civil