Uma amizade de infância que resultou em uma parceria profissional de talento e de sucesso. Dividindo os palcos desde 2016, foi em 2021 que o projeto Igor e Otávio ganhou o foco como dupla. Agora, em 2022, atinge o seu ápice com mais uma passo, a gravação de uma música inédita e o primeiro EP.

– Nos conhecemos na infância, temos três anos de diferença de idade. Sempre tivemos muitos amigos em comum e, com o tempo, a música foi nos aproximando mais. Nossos shows têm grande parte de música sertaneja, desde as mais antigas até as mais atuais do sertanejo universitário, mas também fazemos algumas de outros estilos para agradar todo o tipo de público, como pop rock, pagode, reggae, bandas, gauchescas, entre outros –, contam.

Naturais de Erval Seco, Luís Otávio de Lima, 26 anos, é cirurgião-dentista e Igor Augusto Donato Correa, 29 anos, é concursado dos Correios, e conciliam suas profissões com a paixão pela música.  No dia 24 de julho, a dupla escalou mais um degrau nessa trajetória, por onde eles têm conquistado vários fãs.

Foi gravado um EP, tendo como cenário o La Vie Amazing, com gravação a cargo do estúdio Levulis, de Seberi. O trabalho, que será lançado em breve, conta com uma música inédita e mais seis pot-pourri de regravações que marcaram época. “A música inédita chama-se “Vida de Solteiro”, uma composição de um grande amigo nosso, o Kleiton Schneider, que também é de Erval Seco e agora reside em Natal (RN). Ele compôs há alguns anos e nos presenteou quando pedimos se poderíamos usá-la como música de trabalho. Também nos ajudou na criação e edição da música”, revelam os cantores.

O EP, que será lançado em breve, terá regravações de músicas de pop rock, três músicas do sertanejo e duas regravações do sertanejo mais antigo, que ficaram marcadas na memória do público. “O lançamento oficial da música será, provavelmente, no próximo mês, e estará disponível no Spotify e outras plataformas musicais, como no nosso canal do Youtube. Vamos lançar, primeiramente, nossa música inédita e, na medida do tempo, vamos lançando o restante das regravações, que também terão clipes”, detalham.

A dupla pretende dar projeção ao EP com vistas a divulgar o trabalho para além da região, como restante do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. “Com muito trabalho e empenho, à medida do possível, queremos conquistar mais gente, atingir o máximo de público. Temos em mente que nosso trabalho é difícil e complicado, pois existem muitas duplas e cantores excelentes espalhados pelo Brasil. Mas, aos poucos, com calma e seriedade, vamos trabalhar bastante e acreditar no nosso projeto, para conseguirmos o máximo de êxito possível. Sem público, não há sucesso. Se hoje a gente é conhecido em nossa região, isso tudo é graças ao apoio que sempre tivemos da família e dos amigos, pois todo o lugar que vamos tocar, eles vão nos prestigiar”.

Por fim, a dupla registra o agradecimento às pessoas que participaram da gravação do EP. “Queremos agradecer aos nossos músicos, equipe de produção, família e amigos, pois sem eles, nada disso iria acontecer. O combustível para a gente trabalhar e buscar sucesso na música é saber que eles sempre estarão em nossos shows, nos apoiando e prestigiando, não só nos shows, mas também nas redes sociais, nos ajudando a divulgar o nosso trabalho”, finalizam.